Cuiabá, 16 de Junho de 2024

POLÍCIA Quinta-feira, 25 de Janeiro de 2024, 14:54 - A | A

25 de Janeiro de 2024, 14h:54 - A | A

POLÍCIA / ALVO EM CUIABÁ

PF deflagra operação contra quadrilha que fraudava benefícios no INSS

Bando causou prejuízo estimado de R$ 4,6 milhões aos cofres públicos

Ari Miranda
Única News



Reprodução

POLÍCIA FEDERAL.jpg

 

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (25) a segunda fase da operação ‘Old Pension’, em cumprimento a seis mandados de busca e apreensão, em Cuiabá, Mato Grosso, e outros quatro nas cidades de Vilhena, Cerejeiras e Ji-Paraná, no Estado de Rondônia.

As ordens judiciais foram expedidas pela Justiça Federal de Vilhena, cidade rondoniense próxima a divisa com Mato Grosso. A primeira fase da operação foi realizada no dia 27 de julho de 2022, para desarticular a quadrilha especializada na aplicação de fraudes.

Segundo as investigações da PF, o grupo inseria dados falsos nos sistemas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para a concessão de direitos previdenciários, que eram pagos com valores retroativos em benefícios da instituição, como Pensão por morte ou Amparo Social à Pessoa com Deficiência.

Os valores, no entanto, eram creditados em contas de pessoas ligadas ao bando criminoso, que não tinham nenhuma relação com os verdadeiros beneficiários. Com a fraude, estima-se que o grupo tenha causado um rombo de R$ 4,6 milhões nas contas do INSS.

Os suspeitos presos na operação poderão responder, pelos crimes de estelionato qualificado, falsidade material e ideológica e associação criminosa.

Se somadas, as penas aos envolvidos poderão ultrapassar a 30 anos de prisão.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3