Cuiabá, 13 de Julho de 2024

POLÍCIA Quinta-feira, 13 de Junho de 2024, 11:58 - A | A

13 de Junho de 2024, 11h:58 - A | A

POLÍCIA / OPERAÇÃO PEDRA NO CAMINHO

PF mira grupo suspeito de cometer fraude de R$ 3 milhões em prefeitura de MT

21 mandados de busca e apreensão na cidade de Rondolândia e outras cinco cidades de Rondônia

Da Redação
Única News



A Polícia Federal deflagrou, nesta quinta-feira (13), a Operação Pedra no Caminho, visando a coleta de provas em investigação que apura os crimes de desvio de recursos públicos, falsidade ideológica, frustração do caráter competitivo de licitação e associação criminosa.

Foram cumpridos 21 mandados de busca e apreensão no município de Rondolândia (a 1.064km de Cuiabá) e nas cidades de Jaru, Theobroma, Ji-Paraná, Ministro Andreazza e Cacoal, ambas no estado de Rondônia.

As investigações tiveram início a partir de denúncia indicando irregularidades na contratação e execução de obra de pavimentação em blocos sextavados em vias urbanas de Rondolândia, com drenagem e calçadas.

Após a realização de diligências investigativas e exames periciais pela Polícia Federal, constataram-se robustos elementos que indicaram a restrição ao caráter competitivo do certame. Além disso, foi constatado direcionamento para contratação de empresa específica, que foi beneficiada com o recebimento indevido de recursos públicos, a partir da prática, em tese, de fraudes documentais por servidores públicos de Rondolândia.

Apurou-se que, até 2023, haveria um dano ao erário estimado em quase R$ 3 milhões.

Em relação ao procedimento licitatório, observou-se que haveria a utilização de recursos oriundos do Programa FINISA (Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento).

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3