Cuiabá, 17 de Janeiro de 2021

POLÍCIA
Terça-feira, 04 de Agosto de 2020, 14h:39

CASO ISABELE

Presidente da Federação de Tiro de MT nega que recebeu ligação de empresário

Elloise Guedes
Única News

(Foto: Maju Souza/RepórterMT)

O presidente da Federação de Tiro de Mato Grosso (FTMT) e policial militar, Fernando Raphael Oliveira, disse após prestar depoimento na Delegacia Especializada do Adolescente (DEA), nesta terça-feira (4), que não recebeu nenhuma ligação do empresário Marcelo Cestari, no dia da morte de Isabele Guimarães, que aconteceu no condomínio Alphaville I, em Cuiabá, no dia 12 de julho.

“Não houve ligação do Marcelo, de ninguém da casa para a gente. A federação esteve no local pelo simples fato de estarem envolvidos atletas. Como presidente, assim como acontece com a OAB, por exemplo, estive no local para saber o que aconteceu”, afirmou Fernando à imprensa.

De acordo com o presidente, ele foi até a casa de Marcelo após ficar sabendo do acidente, por terceiros. Por envolver atletas que faziam parte da sua federação, ele decidiu ir até o local onde Isabele foi morta.

Em relação à documentação das armas do empresário, Fernando negou que teria ajudado Marcelo a organizar os registros das armas. “A documentação estava com os despachantes dele, tudo encaminhado. “Estivemos na casa para falar e saber o que tinha acontecido, porque no outro dia iria ter a matéria de que um atirador esportivo estaria envolvido no caso”.

Segundo o depoimento de um policial militar, que atendeu a ocorrência no dia do acidente, Fernando esteve na residência de Marcelo Cestari e ajudou o empresário a apresentar os registros das armas que possui.

O Ministério Público do Estado (MPE-MT) pediu à Polícia Civil que investigue a conduta de Fernando. A promotoria dá apoio na investigação do caso de Isabele Guimarães.

Fernando também teria saído em defesa da família, inclusive entre os grupos de atiradores e da federação.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE