Cuiabá, 29 de Maio de 2024

POLÍTICA Segunda-feira, 06 de Março de 2017, 15:48 - A | A

06 de Março de 2017, 15h:48 - A | A

POLÍTICA / PRESO NA SODOMA

Desembargador nega liberação de contas de Francisco Faid

Da Redação



(Foto: Reprodução)

advogado-francisco-faid-tem-hc-favoravel-e-pode-ser-solto.jpg

 

O pedido de liberação de R$ 5,8 milhões das contas do ex-secretário de Administração de Francisco Faiad e de sua empresa de advocacia foram barrados.

 

O pedido para desbloqueio foi negado pelo desembargador Alberto Ferreira de Souza, relator do mandado de segurança impetrado pela empresa Advocacia Faiad – EPP.

 

O ex-gestor foi preso na quinta fase da Sodoma, que investiga crimes de fraudes à licitação, corrupção, peculato e organização criminosa em contratos celebrados entre as empresas Marmeleiro Auto Posto Ltda e Saga Comércio Serviço Tecnológico e Informática LTDA.

 

 

A operação foi deflagrada pela Delegacia Fazendária (Defaz) que investiga os crimes cometidos durante os anos de 2011 e 2014, durante gestão do ex-governador Silval Barbosa - preso desde 2015 na deflagração da primeira fase da operação.

 

 

O desvio causou, segundo investigações, um prejuízo de R$ 8,1 milhões aos cofres do Estado. O advogado, ex-presidente da OAB-MT e ex-secretário conseguiu HC e já está fora da prisão.

 

O desembargador Pedro Sakamoto, da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, determinou a soltura do advogado que foi preso no dia 13 de fevereiro.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia