Cuiabá, 29 de Novembro de 2020

POLÍTICA MT
Segunda-feira, 12 de Outubro de 2020, 08h:41

CAMPANHA EM CUIABÁ

França visita Mercado do Porto e promete gestão compartilhada, caso seja eleito

Da Redação
Única News

Assessoria

O candidato à Prefeitura de Cuiabá este ano, Roberto França (Patriota), visitou o Mercado do Porto nesse domingo (11) e prometeu aos feirantes que, caso eleito, vai implantar uma gestão compartilhada entre a prefeitura e a Organização do Mercado do Porto de Cuiabá, entidade que representa os 170 permissionários. Ele se reuniu com o presidente da Organização, José Ismar de Azevedo Filho, junto da candidata ao Senado pelo Patriota, coronel Fernanda.

Mesmo em tempos de pandemia e distanciamento social, o Mercado do Porto recebe mais de 120 mil pessoas por mês e é a principal fonte de renda de centenas de pequenos comerciante, que junto com as famílias e colaboradores, formam uma comunidade de mais de 1,5 mil pessoas que ali trabalham.

“Eu tenho um carinho especial pelo Mercado do Porto e pelas feiras livres da Capital, pois são pequenos empreendedores que prestam um serviço de grande utilidade pública, abastecendo a comunidade com frutas, verduras, legumes, peixe, carne e outros produtos com preços acessíveis. Vamos estudar a melhor forma de implantar a gestão compartilhada, que com certeza fará justiça aos permissionários e melhorará o atendimento ao público. Eu não sou visitante aqui, sou frequentador há mais de 40 anos, toda sexta à tarde eu venho fazer compras aqui”, disse o candidato.

Durante reunião na sede da Organização do Mercado do Porto, Roberto recebeu a Carta de Princípios, documento que traz as principais demandas em termos de projetos e programas que melhorem os serviços prestados à comunidade e ofereça segurança e prosperidade aos permissionários.

Reivindicações

Durante mais de uma hora, Roberto percorreu todas as bancas cumprimentando consumidores e feirantes e assegurando apoio às reivindicações. Eles querem mudanças no decreto 3.231 de 1996, que dispõe sobre o regulamento de funcionamento do Mercado do Porto, dando maior autonomia para a Organização e a celebração de Termo de Parceria com a prefeitura para regular a gestão compartilhada do Mercado do Porto e do Campo do Bode.

Através desta parceria seriam desenvolvidos projetos e programas na área de desenvolvimento econômico e empreendedorismo, cultura, esporte e lazer, turismo, saúde, educação, comunicação social, acessibilidade, mobilidade e segurança pública.

Entre as demandas estratégicas estão a ampliação do estacionamento, construção de nova caixa d’água, reforma da sede da administração, implantação de sistema de vigilância por câmeras e aquisição de equipamentos como carrinhos para os clientes.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE