Cuiabá, 12 de Julho de 2024

POLÍTICA Sexta-feira, 01 de Novembro de 2019, 14:18 - A | A

01 de Novembro de 2019, 14h:18 - A | A

POLÍTICA / DIÁRIO OFICIAL

Rogers Jarbas se aposenta aos 45 anos, mas continua sendo investigado por ameaça

Euziany Teodoro
Única News



O governador Mauro Mendes assinou a aposentadoria do delegado Rogers Elizandro Jarbas, em edição suplementar no Diário Oficial do Estado, na última quarta-feira (30). Rogers se aposenta aos 45 anos de idade, com salário acima de R$ 33 mil, por tempo de contribuição.

De acordo com o ato N. 4.586/2019, Jarbas contribuiu com a previdência por 31 anos e 8 meses, ou seja, tem carteira assinada desde os 14 anos de idade. Além do tempo que contribuiu à Polícia Judiciária de Mato Grosso, também foi somado o tempo que ele trabalhou na iniciativa privada e na Polícia Militar de São Paulo.

“Averbe-se: Tempo Total de 19 anos e 28 dias.

01) 04 (quatro) anos e 11 (onze) meses, de contribuição para o Regime Geral de Previdência Social – INSS, para efeito de aposentadoria, nos termos do artigo 1º da Lei nº 5.027, de 17 de junho de 1986, conforme discriminado abaixo:

a) 02 (dois) anos, 07 (sete) meses e 01 (um) dia, no período de 01/03/1988 à 01/10/1990, prestados ao Bar e Lanchonete Tabu na função de caixa;
b)02 (dois) anos, 03 (três) meses e 29 (vinte e nove) dias, no período de 02/10/1990 à 31/01/93, prestados como contribuinte individual.

2) 14 (catorze) anos, 01 (um) mês e 28 (vinte e oito) dias, de contribuição para o Regime Geral de Previdência Social – INSS, para efeito de aposentadoria, nos termos do inciso I do artigo 130, da Lei Complementar nº 04, de 15 de outubro de 1990, no período de 01/02/1993 a 29/03/2007, prestados à Polícia Militar do Estado de São Paulo”.

Jarbas tornou-se réu em ação movida pelo Ministério Público Estadual por ameaçar o colega de profissão, delegado Flávio Stringueta, que investigava seu envolvimento no caso das interceptações ilegais, esquema que ficou conhecido como a “Grampolândia Pantaneira”.

Segundo a denúncia, a ameaça aconteceu no dia 28 de março do ano passado, no interior de um supermercado em Cuiabá. O MP cita que Jarbas passou a mapear Stringueta no estabelecimento.

“Após as tentativas de intimidação no interior do supermercado, Rogers ainda procurou o delegado Stringueta no estacionamento provocando uma discussão, chamando-o de “safado” e instando-o a resolver as coisas de “homem pra homem””, diz a denúncia.

Rogers Jarbas continua respondendo a esse processo, mesmo aposentado.

Diário Oficial

Aposentadoria Rogers Jarbas

 

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia