Cuiabá, 27 de Novembro de 2020

POLÍTICA MT
Terça-feira, 20 de Outubro de 2020, 09h:57

BRIGA PELO SENADO

Suplente diz que coronel Fernanda ‘abusa’ da imagem de Bolsonaro e pede cassação

Euziany Teodoro
Única News

Assessoria

O candidato a suplente de senador na chapa encabeçada por Reinaldo Morais (PSC), o empresário Gilberto Cattani (PSL), entrou com ação em que pede a cassação do registro de candidatura da também candidata ao Senado, Coronel Fernanda (Patriota), por “abusar” da imagem do presidente da República, Jair Bolsonaro, na campanha.

De acordo com a ação, a coronel Fernanda e seu suplente, ex-deputado federal Victório Galli, desequilibraram a disputa ao participar de evento com a presença de Bolsonaro em Sorriso, no mês de setembro. De acordo com a legislação, pré-candidatos são proibidos de participar de entregas de obras públicas – como era o caso – a partir de três meses antes das eleições.

“A presença no evento influenciou e comprometeu o equilíbrio e a igualdade da disputa, bem como a legitimidade do pleito, caracterizando, portanto, o abuso de poder político. (...) “Nesse caso concreto, os candidatos participaram com único objetivo de obter vantagens no pleito eleitoral, com a finalidade de promover a candidatura da Coronel Fernanda, tornando totalmente desigual a disputa eleitoral”, escreve Cattani.

Segundo o suplente de Reinaldo, o abuso na intenção de “colar” na imagem de Bolsonaro é tamanho, que “até parece que quem concorre ao cargo de senador é o Presidente da República”.

Em pedido de liminar, ele quer que a Justiça Eleitoral determine busca e apreensão do material de campanha e, no mérito da ação, que seja cassado o registro de candidatura da chapa concorrente de Coronel Fernanda e seus suplentes.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE