Cuiabá, 13 de Julho de 2024

POLÍTICA Terça-feira, 09 de Julho de 2024, 14:05 - A | A

09 de Julho de 2024, 14h:05 - A | A

POLÍTICA / VOTAÇÃO NESTA QUARTA

Antecipação das eleições será incluída em PEC que aumenta cargos da Mesa Diretora

Fred Moraes
Única News



O deputado estadual Júlio Campos (União Brasil) afirmou que a proposta que antecipa as eleições da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa (ALMT), de setembro para agosto, será incluída na Proposta de Emenda da Constituição (PEC) que cria mais três cargos na Mesa.

A expectativa é que o texto seja lido na sessão plenária desta quarta-feira (10).

“Nós vamos votar a PEC de criação dos novos cargos da Mesa Diretora e nessa PEC foi incluída a mudança da data das eleições de setembro para a primeira semana de agosto. Será votada amanhã, para que no início de agosto a mesma funcione”, disse o deputado.

As eleições visando os cargos da diretoria da Casa deveriam ocorrer em setembro, mas na última quarta-feira (3), os parlamentares entraram em consenso para escolher a nova Mesa no mês de agosto, que comandará por dois anos a Casa de Leis.

A justificativa é que, caso as eleições da Mesa ocorram no mês de setembro, possa prejudicar a reta final da campanha das eleições municipais, já que dentro da Assembleia Legislativa, quatro deputados são candidatos nas eleições deste ano: Eduardo Botelho (União Brasil) e Lúdio Cabral (PT) concorrem pela Prefeitura de Cuiabá; e Thiago Silva (MDB) e Cláudio Ferreira (PL) concorrem pela Prefeitura de Rondonópolis.

Janaina Riva (MDB), Beto Dois a Um (União Brasil) e Dilmar Dal Bosco (União Brasil) tentam o cargo de primeiro-secretário, enquanto Júlio Campos (União Brasil) e Gilberto Cattani (PL) disputam a vice-presidência.

Três novos cargos e reeleição proibidas

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 13/2023, altera a composição de Mesa Diretora e veda a possibilidade de reeleição de integrantes para o mesmo cargo.

Apresentada pelo deputado Max Russi (PSB), a PEC cria os cargos de 3º vice-presidente e do 5º e 6º secretários. Atualmente, a Mesa Diretora é composta pelos cargos de presidente, primeiro e segundo vice-presidentes e pelo primeiro, segundo, terceiro e quarto secretários.

De acordo com a Comissão de Justiça, a proposta não terá impactos financeiros aos cofres do Parlamento, uma vez que não estão previstas remunerações adicionais aos ocupantes dos novos cargos.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia