Cuiabá, 15 de Junho de 2024

POLÍTICA Domingo, 12 de Maio de 2024, 07:59 - A | A

12 de Maio de 2024, 07h:59 - A | A

POLÍTICA / FUTURO INCERTO

Presidente do PSDB de Cuiabá diz que candidatura de Avallone está “aquém” e cita futuro apoio a Botelho

Fred Moraes
Única News



O vereador por Cuiabá e presidente municipal do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), Renivaldo Nascimento, revelou que não está muito otimista com os esboços que o pré-candidato do partido, deputado estadual Carlos Avallone, vem desempenhando nas pesquisas eleitorais.

Em entrevista ao Podcast Política&Política, do Grupo Única, na última semana, Renivaldo disse que, mesmo com pouca esperança, o diretório municipal defende a candidatura do parlamentar até os períodos de convenções partidárias - evento onde os membros dos partidos políticos se reúnem para escolher os candidatos que serão lançados e/ou apoiados pelo partido na eleição.

“Qualquer partido gostaria de lançar candidato. Até para se posicionar, levar proposta e até para concluir a chapa para vereadores. O PSDB tem intenção sim de lançar, mas está aquém. Temos até o dia das convenções partidárias. Se não der, vamos apoiar alguém, o que fazer o melhor trabalho para Cuiabá”, explica o vereador.

No entanto, revelou que por opinião pessoal, caso Avallone não emplaque, a sigla apoie outro candidato. Renivaldo defende que o PSDB caminhe com o candidato do União Brasil, deputado estadual Eduardo Botelho, por ser uma figura considerada de “Centro”.

“Temos três opções, vou por eliminação. Entre Lúdio, Abílio e Botelho, eu vou com Botelho. Eu não sou de esquerda, não vou com a esquerda, nem tampouco a direita. Abilio não vou. Caminho mais ao centro, com Eduardo Botelho”, finaliza.

Reprodução

CARLOS AVALLONE.jpg

O deputado estadual, Carlos Avallone (PSDB).

AVALLONE NA CORDA BAMBA

Carlos Avallone, presidente estadual do PSDB em Mato Grosso, anunciou sua pré-candidatura ainda no ano passado, quando o cenário eleitoral tomava forma. De lá para cá, em diversas pesquisas de intenções de votos, Avallone sequer foi mencionado, configurando uma aprovação baixa.

O próprio deputado chegou a dizer na imprensa que caso não pontuasse até as previas eleitorais, retiraria seu nome da disputa.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia