Cuiabá, 22 de Junho de 2024

VOLTA AO MUNDO Domingo, 03 de Dezembro de 2023, 08:45 - A | A

03 de Dezembro de 2023, 08h:45 - A | A

VOLTA AO MUNDO / EM PARIS

Homem mata turista perto da Torre Eiffel; polícia investiga se foi ato de terrorismo

Preso por agentes pouco depois do ataque, acusado foi condenado em 2016 pelo crime de associação com elementos terroristas

O Globo



Um turista alemão morreu e duas pessoas ficaram feridas em um ataque nos arredores da Torre Eiffel, em Paris, em um ato que a polícia investiga como um possível caso de terrorismo. O acusado foi preso pouco depois, e os agentes afirmam que ele é um velho conhecido da Justiça francesa. O país está em alerta elevado para atentados desde o início da guerra entre Israel e Hamas em Gaza, e em outubro enfrentou uma série de alarmes falsos que levaram ao fechamento de lugares públicos.

De acordo com o ministro do Interior, Gérald Darmanin, o responsável, identificado como Armand R., atacou um casal de alemães com um martelo, matando um homem, que não teve a identidade revelada. Segundo testemunhas, ele teria gritado "Allahu Akbar" (Alá é Grande).

Na fuga, mais duas pessoas foram feridas — uma francesa e um estrangeiro — antes do homem ser capturado. Os agentes usaram uma arma de choque para imobilizá-lo. A polícia abriu um inquérito para investigar o caso, e ele deve ser indiciado por homicídio e tentativa de homicídio. Ao ser detido, o homem disse aos policiais que "não suportava mais ver muçulmanos morrerem no Afeganistão e na Palestina".

O risco de ataques relacionados à guerra na Faixa de Gaza levou o país a elevar o grau de alerta em outubro, mês em que foram registrados vários alarmes falsos sobre ataques em locais como o Museu do Louvre e o Palácio de Versalhes.

 

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia