Cuiabá, 17 de Julho de 2019

RADAR NEWS
Terça-feira, 25 de Junho de 2019, 10h:48

ENTRE 2005 E 2011

Governo readmite servidor envolvido em esquema de desvio da Conta Única

Única News
Da Redação

(Foto: Reprodução)

O governador Mauro Mendes (DEM) readmitiu Antonio Ricardino Martins da Cunha. Ele e mais trinta pessoas são suspeitos de envolvimento em esquema de desvio de R$ 16,5 milhões na Conta Única do Estado. 

Segundo o Ministério Público do Estado (MPE), o rombo ocorreu entre 2005 e 2011 - sendo exposto somente na Operação Vespeiro em 2012 -, por meio de pagamentos via BB-PAG, aplicativo eletrônico disponibilizado pelo Banco do Brasil para pagamentos de fornecedores, salários e outros.

Após a operação Vespeiros, ele foi demitido do governo. Mendes publicou no Diário Oficial do Estado (DOE), nesta segunda-feira (24), como assunto de "Extrato de decisão em Processo Administrativo Disciplinar (PAD)".

"O governador do estado de Mato Grosso, no uso de suas atribuições legais, com fundamento no art. 24, da Lei nº 7.692, de 1º de julho de 2002 e na Súmula nº 473 do Supremo Tribunal Federal, RESOLVE: 1. Anular, de ofício todos os atos realizados a partir da fl. 1494 do processo em epigrafe, por descumprimento do rito processual aplicável ao caso. 2. Remeter os autos à Procuradoria Geral do Estado para fins expedição de parecer de legalidade/conformidade, conforme artigo 14, inciso XI, da Lei Complementar nº 111/2002. 3. Determinar que se notifique o interessado e seu defensor, pessoalmente, enviando-lhes o inteiro teor desta decisão", consta no diário.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE