Cuiabá, 21 de Julho de 2024

ARTIGOS/UNICANEWS Terça-feira, 22 de Janeiro de 2019, 14:38 - A | A

22 de Janeiro de 2019, 14h:38 - A | A

ARTIGOS/UNICANEWS / MAX CAMPOS

A demonização dos servidores públicos tem que ter fim



Por vezes até a inscrição para se submeter as provas de um concurso público e gratuito basta preencher alguns requisitos previstos em lei. Entretanto par ingressar no serviço público o sujeito tem que vencer barreiras quase intransponíveis, ou seja, transpor a pedra que o poeta avistou no meio do caminho.
A primeira delas é largar tudo, se isolar dos amigos, das festinhas, e se debruçar nos livros diuturnamente. Afinal, para vencer a maratona de um concurso público, com milhares e milhares de concorrentes, o candidato precisa estar muito bem preparado.

Não é por mero acaso que o serviço público está repleto de excelentes cabeças. Consultores, analistas, técnicos, auditores, cientistas, profissionais de alto nível, muitos dos quais com graduações em diversas áreas do conhecimento: mestrado, doutorado e pós-doutorado. Estão lá para prestar serviços de qualidade ao cidadão.

Servir bem, para o servidor, além de obrigação, é uma questão de ética, um mandamento sagrado. É como uma cláusula pétrea que nunca pode ser quebrada.

Não é verdade que o servidor deseja ou como dizem erroneamente “exigem” apenas subsídios melhores, em sua maioria desejam melhorias estruturais de modo a dar condições dignas de um atendimento de excelência a população que é quem realmente paga nossos subsídios.

Quem maltrata um servidor maltrata o maior patrimônio que um governo possui AFINAL ELES PASSARÃO E NÓS PASSARINHO diz um conhecido ditado popular.

Citando um texto não confirmado mas atribuído a Bertolt Brechtde diz: O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala e não participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe que o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio dependem das decisões políticas. O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia a política.

Não sabe o imbecil que da sua ignorância política nasce a prostituta, o menor abandonado e o pior de todos os bandidos, que é o político vigarista, pilantra,corrupto e lacaio das empresas nacionais e multinacionais.

Muito se fala sem conhecimento sobre a ESTABILIDADE. Entendam que existem órgãos de controle e fiscalizações bem como setores de correição e corregedorias nos órgãos públicos com a finalidade de acompanhar qualquer desvio de função ou caráter do indivíduo imbuído de suas responsabilidades, cabe ao cidadão ciente de seus deveres e direitos formalizar até mesmo de forma anônima para que as providências que se fizerem necessárias sejam tomadas dentro da lei e SIM o servidor público pode ser exonerado a bem do serviço público diferente de como costumam pontuarem em notícias fantasiosas.

Fazer com que todos saibam e reconheçam a importância do trabalho desempenhado pelas categorias dos servidores públicos deve ser um exercício constante, que passa pelo zelo no contato com a população, pelo cuidado com a imagem pública da categoria e, principalmente, por sua unidade. Somente com UNIÃO os pleitos tornam-se realidade, metas tornam-se bandeiras e propostas passam a ser conquistas.

Diante da falta de estabilidade política que se refletiu na política econômica-social o atual governo instituiu um pacote de medidas de ajuste fiscal e também incluiu a realização das reformas da Previdência e trabalhista, que alteraram regras de aposentadoria e da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Tais propostas demonstram claramente o interesse de setores do Executivo e Legislativo em direcionar o Orçamento Público para a consolidação de um estado mínimo, alicerçado nos interesses do capital em detrimento do bem-estar social, da garantia de direitos aos servidores públicos e das reivindicações da população brasileira.

Entretanto nossa aposta é que a própria sociedade mato-grossense não acredita que a melhor resposta à crise econômica seja o arrocho, a precarização do serviço público e a violação dos direitos trabalhistas. A garantia de qualidade dos serviços básicos oferecidos à sociedade e o desenvolvimento do país passam, invariavelmente,pela valorização do servidor público.

Diante deste quadro, que chamo atenção dos CEM MIL SERVIDORES PÚBLICOS ESTADUAIS, que somados aos seus FAMILIARES e AMIGOS chega-se a mais de 500.000 pessoas que SIM DEFINEM UMA ELEIÇÃO COMO VIMOS EM 2016 a prefeitura da capital de nosso Estado, mas não tão somente meus colegas mas também servidores municipais e federais, seus familiares, amigos e sociedade civil organizada entre profissionais autônomos, comerciante, produtores rurais onde reforço a importância de estarmos UNIDOS entre os mais variados segmentos de servidores públicos e do engajamento das mais diferentes categorias em relação ao luta de nossos direitos e nos atentarmos quem realmente nos representa pois somente com representatividade política tanto na Câmara dos Deputados quanto na assembleia legislativa estaremos ativos na luta por valorização, dignidade e respeito.

Por fim deixo um alerta aos amigos e inúmeros colegas servidores públicos estaduais, municipais e federais, entidades civis e militares, de nada vale o grito dos bons se os mesmos personagens políticos continuarem, não que sejam ruins pois são péssimos e alguns ainda presos e pra piorar não há cobrança devida, fiscalização decente, e não adiantara mais sair as ruas pois até reinvindicações a princípio consolidadas estarem sendo utilizadas como manobras de grupos.

O governo deve saber desde já disso e não apenas no DISCURSO pois estamos de olhos bem abertos e cansados de PROMESSAS NÃO CUMPRIDAS.

NOSSA LUTA É PELA VALORIZAÇÃO DOS SERVIDORES PÚBLICOS.
MUNICIPAIS,ESTADUAIS,FEDERAIS
NENHUM DIREITO A MENOS.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia

Tom 22/01/2019

Falou tudo! Os servidores públicos das esferas Federais, Estaduais e Municipais são os pilares de uma nação.

positivo
0
negativo
0

SERVIDOR CARREIRA SEM RGA SEM 13º E SALA 22/01/2019

PARECE QUE A MESMA EQUIPE ECONOMICA DO ATUAL GOVERNADOR MAURO MENDES QUE SE MANTEVE DO EX PEDRO TAQUES OU ESCONDEU DADOS OU ESTA ENGABELANDO A SOCIEDADE PARA COLOCAR O ÔNUS NA CONTA DOS SERVIDORES PÚBLICOS ESTADUAIS.

positivo
1
negativo
0

2 comentários

1 de 1