Cuiabá, 21 de Outubro de 2020

ARTIGOS/UNICANEWS
Terça-feira, 15 de Setembro de 2020, 08h:43

ANTOINE SAAD

Fiz uma auto analise

Única News

Arquivo Pessoal

Analisei-me, como se fosse um psiquiatra, tamanho é o estado de loucura que está pandemia nos levou, cheguei a conclusão que estou vivo, porém muito machucado, com certeza vou curar-me, mas cicatrizes ficaram para sempre.

Apos 6 meses de isolamento, eu criei coragem e abracei meu filho que veio me ver, depois de muitas horas de viagem, abracei-o com força para senti-lo e testar os meus sentimentos que a muito estava oprimido, foi bom demais, aproveitei para reunir os outros dois ontem, abracei e beijei a todos, a sensação é boa, faz um bem enorme para a alma.

Passado estes encontros, a vida volta ao isolamento parcial, com muito mais cuidados, volto à trabalhar, criei coragem, estou atendendo clientes, o importante é que todos estão concientes, não precisa nem falar nada, esse é o novo normal, o mesmo acontece com as pescarias e outros lazeres.

Uma coisa eu aprendi, o mundo sofre mas não acaba, assim a luta continua, digo mais, ficar sem fazer nada em casa, chega uma hora você vai ver que outros estão fazendo e passarão a sua frente, tudo mudou, os avanços estão ocorrendo de dentro de casa, difícil para aqueles que ficaram impossibilitados de agirem de todas as formas.

Hoje me sinto um pouco mais seguro para ir trabalhar, o mantra fique em casa saiu da minha cabeça, agora é outro, saia mas se cuide, não abra mão dos cuidados, vá viver sua vida, de maneira diferente, mas viva.

Cuide de seus familiares, se encontrem tomando os cuidados, mas não abra mão de encontra-los, por medo desta pandemia, pois a pandemia maior é o estrago psíquico que aos pouco vai se instalando, digo, não vamos fazer igual aos que desrespeitaram o distanciamento social, onde fizeram aglomerações sem tomarem os cuidados necessários, a pandemia amenizou mas não acabou.

Hoje vou continuar com novo projeto que estou realizando, como é novo, ele também me renova, quando tudo começar à funcionar vai ser mais uma conquista.

Acho que sou igual vara de marmelo, enverguei mas não quebrei, mas doeu por todos os lados, nada que um analgésico motivacional não cure.

Vamos para frente porque mais uma semana começou, o calor continua, vou usa-lo para esquentar a minha alma, meu espírito, assim vou sair mais animado, será como uma cutucada nova na vida para continuar produzindo.

Vamos em frente.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE