Cuiabá, 21 de Julho de 2024

BRASIL Quarta-feira, 31 de Janeiro de 2024, 17:33 - A | A

31 de Janeiro de 2024, 17h:33 - A | A

BRASIL / ABIN PARALELA

Claro, Tim e Vivo sabiam de espionagem, mas não alertaram Anatel

Mariana Andrade
Metrópoles



(Foto: Raimundo Sampaio/Esp. Metrópoles)

ANATEL.jpeg

 

As operadoras de telefonia Claro, Tim e Vivo tinham conhecimento de que seus respectivos sistemas estavam sendo invadidos pelo software espião FirstMile, no esquema de monitoramento ilegal da “Abin paralela”, contudo, não avisaram a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Nesses casos, o repasse é obrigatório de acordo com as normas do setor. Não comunicar pode resultar em uma punição administrativa. A informação foi divulgada pelo jornal Folha de S. Paulo, nesta quarta-feira (31/1).

Anatel confirmou à Folha que a Claro, Tim e Vivo “não notificaram a agência sobre ataques ou tentativas de invasão por meio do software FirstMile”.

Leia mais em https://www.metropoles.com/brasil/abin-operadoras-sabiam-sobre-espionagem-mas-nao-alertaram-anatel

 

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia