Cuiabá, 07 de Agosto de 2020

CIDADES
Sexta-feira, 10 de Julho de 2020, 17h:22

DEFESA DO COMÉRCIO

Fecomércio encaminha carta aberta contra lockdown a prefeitos de Cuiabá e VG

Claryssa Amorim
Única News

(Foto: Divulgação)

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Mato Grosso (Fecomércio) encaminhou uma carta aberta às prefeituras de Cuiabá e de Várzea Grande, temendo a continuação do lockdown nas cidades. A instituição citou que a reedição das medidas pode prejudicar ainda mais a economia.

Segundo a Fecomércio, o funcionamento do comércio é fundamental para atender as demandas das atividades essenciais e da própria indústria, pois garantem fornecimento de insumos, matérias-primas, refeições, uniformes, serviços de manutenção, limpeza e inúmeros outros.

A Justiça determinou quarentena coletiva obrigatória por 14 dias nas duas cidades, no dia 22 de junho, pois apresentam classificação de “risco muito alto” de contaminação da Covid-19.

A decisão responde à ação civil pública do Ministério Público de Mato Grosso (MPE), que pede o lockdown nas duas cidades, devido ao alto número de infectados com o novo coronavírus e taxa de ocupação de leitos de UTI.

Na decisão, o juiz determinou também que o Estado de Mato Grosso, o Município de Cuiabá e o Município de Várzea Grande apresentem a ele, em cinco dias, um planejamento para a ampliação dos leitos de UTI e o cronograma de sua execução.

A Fecomércio defendeu que o comércio reabriu quando foi permitido, seguiu as normas estabelecidas pela Justiça, como o uso das cartilhas, oferecendo os equipamentos de segurança, informação e suporte aos clientes e funcionários.

Veja a carta, clicando aqui.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE