Cuiabá, 22 de Maio de 2024

CIDADES Terça-feira, 30 de Maio de 2017, 11:41 - A | A

30 de Maio de 2017, 11h:41 - A | A

CIDADES / EM CUIABÁ

Hospital alega que paciente havia sido atendida e "desmente" vídeo na web

Wellyngton Souza / Única News



(Foto: Reprodução)

630x435-novas-sao-mateus-01.png

 

Circula nas redes sociais um vídeo em que mostra pacientes no setor de Pronto Atendimento do Hospital e Maternidade São Matheus, em Cuiabá, reclamando do atendimento no local, após uma mulher ter desmaiado enquanto aguardava atendimento médico.

 

Uma mulher aparece exaltada exigindo a presença imediata de um médico para atender a paciente que está caída ao chão. "Dá para algum médico vir logo?! Chama um médico aqui. Não é possível que nenhum médico vem aqui. Faz horas que estamos chamando aqui", ressalta.

 

Aparentemente a mesma mulher que comenta no vídeo, afirma que irá acionar o hospital com medida judicial, alegando que todas as vezes que chega na unidade sempre se 'depara com a situação'. "Eu já tirei foto e vou entrar com processo contra o São Matheus porque todo o mês eu pago certinho", ressalta comentando ainda sobre o atendimento.

 

O caso ocorreu na noite desta segunda (29), na unidade de saúde. Por meio de nota, o hospital afirmou que atendeu a paciente dentro dos padrões exigidos pelo Protocolo Internacional de Manchester. A mulher que não teve o nome divulgado, deu entrada no hospital andando por volta das 20 horas e recebeu a classificação de risco de saúde às 20h31.

 

Ainda de acordo com a nota, ela recebeu pulseira amarela - que significa pouco urgente, por apresentar dor de cabeça sem alterações de sinais vitais o que, segundo a nota, não é classificado como quadro grave de acordo com o hospital.

 

"A paciente então como outros pacientes menos graves aguardou o atendimento quando aparentemente teve um desmaio e foi socorrida por enfermeira e maqueiros imediatamente encaminhada para o Box e atendida pelo médico. Após ser atendida pelo médico, a paciente foi embora andando e com atestado médico", diz trecho da nota.

 

Confira o vídeo e a nota na íntegra:

 

 

 

"O Hospital e Maternidade São Mateus vem a público esclarecer o vídeo publicado na página do Facebook ‘Aonde Não Ir’ referente a um atendimento ocorrido na noite desta segunda-feira(29) em sua unidade.

 

1-      A paciente deu entrada andando às 20h09 e recebeu a classificação de risco de saúde às 20h31 onde,  conforme o Protocolo Internacional de Manchester da cor AMARELA que significa POUCO URGENTE que permite que o atendimento seja feito por até 120 minutos. Ela foi atendida 1h50 após sua entrada.

 

2-      Ao passar pela triagem com um profissional enfermeiro foi constatado um quadro de CEFALÉIA, ou seja, dor de cabeça sem alterações de sinais vitais. O que não é classificado como quadro grave.

 

3-      A paciente então como outros pacientes menos graves aguardou o atendimento quando aparentemente teve um desmaio e foi socorrida por enfermeira e maqueiros imediatamente encaminhada para o Box e atendida pelo médico.

 

4-      Após ser atendida pelo médico, a paciente foi embora andando e com atestado médico.

 

Portanto o Hospital esclarece que prestou todo o atendimento necessário e seguiu todos os protocolos de pronto-atendimento dos grandes centros no mundo".

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia