Cuiabá, 07 de Agosto de 2020

CIDADES
Sexta-feira, 10 de Julho de 2020, 17h:01

PERDAS DA PANDEMIA

Mãe e filha, internadas uma ao lado da outra, morrem com 8 dias de diferença

Euziany Teodoro
Única News

Arquivo pessoal

Mãe e filha que estavam internadas uma ao lado da outra, no hospital referência da covid-19 de Cuiabá, o antigo Pronto Socorro, morreram com uma diferença de oito dias, após complicações pela infecção do novo coronavírus.

A filha, Maria Ucinalva, de 43 anos, não resistiu à doença e faleceu na quinta-feira, dia 2 de julho. Na ocasião, Raimunda Galeno, de 73 anos, mãe dela, já estava entubada no leito a seu lado.

Raimunda também acabou não resistindo e faleceu na madrugada desta sexta-feira (10).

De acordo com uma outra filha de Raimunda, as duas mulheres tinham outras comorbidades e já chegaram ao hospital em estado grave da doença, indo direto para a entubação em leito de UTI. Maria Ucinalva, a filha, tinha pressão alta e enfrentava a depressão. A mãe, Raimunda, tinha pressão alta e cardiopatia.

Infelizmente, mais uma família destruída pela covid-19.

Outro caso que ganhou repercussão foi da família do vereador por Várzea Grande, Miguel Baracat, que perdeu o pai, a irmã e o sobrinho, em um intervalo de apenas três dias. A família Baracat é uma das mais tradicionais de Várzea Grande.

De acordo com o último boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde, divulgado nessa quinta-feira (9), Cuiabá já tinha um total de 5.920 casos confirmados, sendo que 289 pessoas morreram e 4.423 ainda estão em tratamento.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE