Cuiabá, 26 de Maio de 2020

CIDADES
Quinta-feira, 02 de Abril de 2020, 18h:35

ATUALIZAÇÃO

Mato Grosso tem 41 casos confirmados de Coronavírus; 297 têm síndrome respiratória

Euziany Teodoro
Única News

Reuters

Até a noite desta quinta-feira, Mato Grosso era um dos três estados brasileiros que ainda não haviam registrado nenhuma morte devido ao Coronavírus. No entanto, a primeira morte foi confirmada na madrugada desta sexta-feira (3), em Lucas do Rio Verde. Um homem de 54 anos morreu.

Portanto, agora, apenas Acre e Amapá ainda não têm mortes. O Estado com mais vítimas fatais é São Paulo, com 188 pessoas. Rio de Janeiro vem em segundo, com 41 mortes.

Em todo o país, já são 299 mortos por causa da doença e outros 7.910 estão oficialmente contaminados. A taxa de letalidade, portanto, é de 3,8%. Os dados são do Ministério da Saúde, atualizado às 17h de hoje (horário de Brasília).

Os casos confirmados da doença em Mato Grosso subiram para 41, conforme boletim divulgado nesta quinta-feira (2). Até ontem (1), eram 28 casos. São 25 casos em Cuiabá, que já tem contaminação comunitária; 5 casos em Rondonópolis; 4 em Várzea Grande; 3 em Sinop; 2 em Tangará da Serra; 1 em Nova Monte Verde; e 1 em Lucas do Rio Verde.

Entre os confirmados, 14 estão hospitalizados, sendo 9 em leitos de UTI e 5 em leitos de enfermaria. Todos os demais casos confirmados estão em isolamento domiciliar.

Nove pacientes já se recuperaram. Eles já não apresentam nenhum sintoma da doença após 14 dias de contaminação, conforme prevê protocolo da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Os casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) já são 297. O Estado já não publica mais casos suspeitos de Coronavírus, apenas os confirmados para a síndrome que, entre outras doenças, inclui o COVID-19.

Veja a nota informativa clicando aqui.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE