Cuiabá, 28 de Fevereiro de 2021

CIDADES
Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2021, 15h:03

ESCOLAS ABERTAS

Pais organizam abaixo-assinado pedindo reabertura das escolas em Cuiabá

Aline Almeida
Única News

(Foto: EPA/BBC)

Abaixo-assinado organizado por pais que compõem o movimento “Escolas Abertas Cuiabá”, busca a reabertura das unidades de ensino na capital. Desde o início do ano passado, as aulas presenciais foram suspensas por conta da pandemia. Desde então, os alunos estão aprendendo de forma remota, com aulas online. No entanto, quase um ano depois e sem perspectiva de reabertura das escolas, vários grupos de pais têm realizado atos para mudar a situação. Nos últimos dias, duas carreatas foram organizadas. Agora, um manifesto com abaixo-assinado é desenvolvido.

De acordo com documento, é compreensível que com a complexidade do enfrentamento da pandemia de covid-19, as diversas esferas de governo adotem medidas extremas, com vistas a evitar o colapso do sistema de saúde. “Contudo, no decurso dos 11 meses de combate à pandemia de covid-19, houve avanços significativos em relação ao tratamento da doença no Estado de Mato Grosso e no Município de Cuiabá”, destaca trecho.

O movimento “Escolas Abertas” pontua que estudos médicos e científicos publicados comprovam que as crianças se infectam menos do que os adultos; adoecem menos do que os adultos e raramente transmitem Covid-19 para adultos. Salienta, ainda, que as experiências realizadas na Europa e no Brasil comprovam que há segurança na abertura das escolas, desde que seguidos os protocolos de saúde adequados.

O manifesto enfatiza que, por outro lado, a manutenção das escolas fechadas vem causando danos de longo prazo a toda uma geração e significa clara ameaça ao direito à educação das crianças e jovens cuiabanos. Destacam-se danos físicos, psíquicos e aumento das taxas de evasão escolar.

O documento afirma que o objetivo do abaixo-assinado é requerer a retomada das atividades escolares regulares no sistema híbrido em todas as escolas. Para isso, as unidades se adaptam aos protocolos de biossegurança estabelecidos pelo Estado e Município. “Cabendo às famílias a decisão sobre levar seus filhos para a escola (presencial) ou manterem eles em casa com aulas online”, finaliza o manifesto.

O abaixo assinado pode se acessado AQUI


1 COMENTÁRIO:







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.

Claudio   21-01-2021 17:09:14
Não faz o menor sentido tudo estar aberto e as escolas fechadas! A educação que sempre é enaltecida como a coisa mais importante é a única atividade fechada a quase 1 ano...

Responder

0
0

MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE