Cuiabá, 10 de Julho de 2020

CIDADES
Sábado, 30 de Maio de 2020, 14h:10

COMBATE À COVID-19

Prefeito reforça compromisso com a população com Hospital de Referência e mais de cem leitos de UTI

Única News
Com Assessoria

Luiz Alves/Secom

Durante a coletiva de imprensa que o prefeito Emanuel Pinheiro concedeu na manhã dessa sexta-feira (29) por meio de suas redes sociais o gestor reforçou seu compromisso com à população no enfrentamento à disseminação ao novo Coronavírus. Ele afirmou ainda que existe uma campanha pautada em inverdades sendo divulgada e reafirmou que a capital sempre manteve ações no sentido de preservar à saúde e a vida das pessoas. Destacou ainda que somente a unidade de referência da capital possui 55 leitos de UTI destinados a pacientes com a Covid19, mas explicou que o Plano de Prevenção ao novo Coronavírus, elenca todos os esforços para garantir o melhor atendimento aos muncípes, com a disponiblização de mais de cem leitos de UTI.

“Querer politizar a pandemia neste momento em que temos vários óbitos em Mato Grosso é de uma insensibilidade enorme. Acreditava que como pai, o governador Mauro Mendes teria a sensibilidade de se preocupar com a população que está sendo infectada, com os empresários que perderam suas rendas devido ao fechamento do comércio, com os profissionais que perderam seus empregos, mas infelizmente ele está apenas pautado pelas eleições municipais”, lamentou Pinheiro.

Ele revelou que não houve fechamento de leitos e explicou o panorama dos leitos de UTI do município. “Com a abertura do HMC, que conta com 315 leitos de enfermaria e 60 de UTI e onde funciona atualmente o novo Pronto Socorro, estava no planejamento fechar o antigo Pronto Socorro para construirmos o Hospital da Família. Quando a pandemia chegou, decidimos usar a estrutura que já existia do antigo PS para ser usada como Hospital de Referência para a COVID-19. Não quisemos colocar o HMC, para que ele pudesse continuar atendendo todas as outras comorbidades e não corresse o risco de que os pacientes fossem infectados pelo coronavírus. Fizemos uma reforma no antigo PS e disponibilizamos 55 leitos de UTI e 170 leitos de enfermaria exclusivamente para pacientes de COVID-19”, explicou.

O prefeito comentou ainda que, caso todos os leitos do Hospital de Referência venham a ser ocupados, o próximo passo é usar os leitos do hospital São Benedito. “Temos 20 leitos de UTI prontos no São Benedito para COVID e vamos abrir mais 20. Também estamos estudando diminuir alguns leitos de enfermaria do Hospital de Referência para criar mais 10 leitos de UTI no local”, revelou.

Além disso, ele disse que a pedido do Comitê Municipal de Enfrentamento à COVID-19, a UPA Verdão ainda não foi aberta, pois estão esperando saber como o vírus vai se comportar, pois caso os números de infectados aumente muito, a unidade será usada como hospital de retaguarda para o hospital de referência, com mais UTIs e leitos de enfermaria. “No Plano de Mitigação temos uma previsão de 105 leitos de UTI caso seja preciso, mas esperamos não chegar a tudo isso”, comentou.

O prefeito revelou que devido às mentiras propagadas pelo Governo de Estado, que visam causar pânico na população, a Procuradoria Geral do Município vai representar contra o governador Mauro Mendes na Lei de Contravenções Penais e se possível, na Lei de Segurança Nacional. “Tentei dialogar e evitar que chegássemos a essa situação, mas o governador, com sus mentiras, está gerando pânico e caos com essas mentiras que está propagando. O que o governador está fazendo já ultrapassou todos os limites do aceitável e é por isso que vamos acioná-lo judicialmente”.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE