Cuiabá, 19 de Julho de 2024

POLÍCIA Quarta-feira, 17 de Outubro de 2018, 13:48 - A | A

17 de Outubro de 2018, 13h:48 - A | A

POLÍCIA / VEJA O VÍDEO

Advogada é agredida por colega dentro de Fórum e irá acionar a OAB

Da Redação



(Foto: Reprodução/Internauta)

ADVOGADO3.jpg

 

 

A advogada, Flavianne Ramalho, denunciou uma agressão por um colega de profissão, João Alcir, dentro do Fórum de Comodoro (a 466 km de Cuiabá), nesta quarta-feira (17). O desentendimento ocorreu em um dos corredores do Fórum após João não aceitar o cumprimento de mandado de reintegração de posse.

 

A advogada acionou a Polícia Militar, que prendeu o advogado assim que chegou no Fórum. Em um vídeo gravado pela própria Flavianne, é possível ver o momento que o advogado vai para cima dela e em seguida, ele começa a xingar a advogada como vagabunda" e "cachorra".

 

De acordo com a advogada, a confusão foi gerada devido a um processo de reintegração de posse, que já foi julgado. Conforme consta no processo, a reintegração de posse é referente à delimitação de território de uma fazenda demarcada incorretamente. 

 

Os dois advogados estavam representando os proprietários da fazenda, sendo Flavianne a defesa parte que exige a reintegração de posse e o João representa a parte que supostamente está demarcada errada.

 

O desentendimento começou ainda na fazenda discutida no processo, durante o cumprimento judicial pelo perito. Segundo Flavianne, Alcir começou a atacá-la, após ela informar do cumprimento judicial e ainda a ameaçou. “Ele ficou falando para mim, 'você vai ver o que vou fazer com você!'”, disse. 

 

Sem conseguirem resolver na fazenda, todos então, se encaminharam para o Fórum do município. A discussão durou cerca de 10 a 15 minutos, até a chegada da Polícia Militar. 

 

“Ele veio bater na minha cara e tirar o celular da minha mão. Aí veio o ‘Vitu’, um perito assistente e entrou na minha frente, levando o soco em meu lugar. No meio da confusão, com tanta gente, ele acabou machucando meu braço, acho que com a unha. Eu não olhei ainda, mas podem ter hematomas pelo meu corpo”, descreveu à reportagem, ainda emocionada.

 

A advogada declarou que irá acionar a Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso (OAB) para solicitar os devidos procedimentos contra o advogado, pois, segundo ela, além da agressão física, João agiu contra as prerrogativas como advogado, uma vez que Flavianne também é advogada e atacada quando estava exercendo sua profissão.

 

“Sou advogada desde 2005, tem 13 anos e eu nunca vi isso, um advogado agredir uma advogada mulher. Eu já vi advogado contra advogado, mas contra uma mulher, no exercício da função, eu nunca vi”, concluiu.

 

Flavianne ainda afirmou que irá acionar o advogado em todas as instâncias em que for cabível.

 

Veja o vídeo:

 

 

 

(Com informações do Folha Max)

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3