Cuiabá, 28 de Fevereiro de 2021

POLÍCIA
Quarta-feira, 20 de Janeiro de 2021, 18h:31

PRESO PELA PF

Cacique que matou chefe da Funai é preso 10 anos após a condenação

Euziany Teodoro
Única News

Reprodução

A Polícia Federal prendeu, na tarde desta quarta-feira (20), o cacique Marvel Xavante, condenado por matar Floriano Marcio Guimarães, que na época era chefe do posto da Fundação Nacional do Índio (Funai), em uma aldeia de Água Boa (a 700 km de Cuiabá).

O crime aconteceu em 2001 e Marvel foi condenado em 2011 a 12 anos, 05 meses e 10 dias de reclusão em regime fechado. Desde então, ele estava livre por força de um habeas corpus.

A ordem de prisão foi expedida pelo juízo da 5ª Vara Federal em Cuiabá/MT. O indígena foi preso em Barra do garças e encaminhado ao Sistema Prisional da cidade, onde segue à disposição da Justiça Federal.

Segundo denúncia do Ministério Público Federal, Floriano, Marvel e outro indígena foram até a cidade de Nova Nazaré. Eles estavam a caminho da aldeia Tritopa, em Água Boa, onde o servidor da Funai fazia a demarcação de terras.

Na aldeia, Marvel degolou Floriano com um canivete. De acordo com o MPF, o assassinato aconteceu devido a uma disputa de terras na região.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE