Cuiabá, 15 de Janeiro de 2021

POLÍCIA
Quarta-feira, 28 de Outubro de 2020, 15h:53

PRESOS DURANTE OPERAÇÃO

Dupla que matou vigilante atuava como ‘disciplina’ com a autorização do CV

Única News
Da Redação

(Foto: PJC-MT)

A Operação Medianeira deflagrada pela Polícia Civil, na manhã desta quarta-feira (28), em Cuiabá, resultou na prisão de Luiz Gabriel da Silva Teodoro, de 23 anos e Igor Nathan Rocha da Cruz, de 20 anos. Eles são apontados como autores do latrocínio – roubo seguido de morte – que vitimou o vigilante José Batista da Silva em abril deste ano.

Os suspeitos também são investigados por compor na quadrilha de roubos e furtos de veículos na Baixada Cuiabana, bem como de compor uma implantação de uma milícia no loteamento João Baracat, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá.

Segundo informações, Luiz foi preso em uma casa no bairro Colinas Verdejantes, em Várzea Grande. Já o Igor não há informações sobre onde ele foi preso. Os dois já eram conhecidos dos policiais. Em 2019, foram presos ao lado de outros dois comparsas, sendo um de 17 anos, por roubo, receptação e formação de quadrilha no loteamento João Baracat.

Luiz e Igor estavam atuando como ‘disciplina’ no bairro com a autorização do Comando Vermelho. Eles ditavam regras aos moradores, com emprego de violência e ameaças. Chegando a punir aqueles que ferem as regras impostas no loteamento.
E é nesse mesmo loteamento que eles estariam atuando junto com uma suposta milícia, que ainda está sendo investigada pela Polícia Civil.

Operação Medianeira

A ação contou com apoio de equipes da Gerência de Operações Especiais (GOE), Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes e Delegacia Especializada do Adolescente de Cuiabá. O inquérito policial instaurado na Derrfva investiga as circunstâncias do roubo seguido de morte ocorrido no dia 24 de abril deste ano, na Rodovia dos Imigrantes, que vitimou João Batista da Silva.

Até o momento, o caso foi o único latrocínio registrado na região metropolitana no ano de 2020. Durante as investigações foi identificado que os autores do crime fazem parte de uma organização criminosa armada voltada à prática de roubos de veículos e crimes correlatos com atuação em Cuiabá, Várzea Grande e outras cidades da região metropolitana.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE