Cuiabá, 26 de Maio de 2024

POLÍCIA Quinta-feira, 02 de Março de 2017, 09:52 - A | A

02 de Março de 2017, 09h:52 - A | A

POLÍCIA / PLANEJAMENTO MINUCIOSO

Saldo do Carnaval em MT revela queda drástica nos números de homicídios, roubos e furtos

Da Redação



(Foto: Gcom-MT)

Secretário-Rogers Jarbas.jpg

 

Já no final da tarde desta quarta-feira (1º), a  Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) apresentou os resultados das ações realizações de forma integrada neste Carnaval. Com staff da Segurança reunido, o secretário da Sesp, Rogers Jarbas revelou a redução drástica nos números de ocorrências policiais nos festejos carnavalescos de Mato Grosso.

 

Uma queda de 73% no número de homicídios, comparado com o ano anterior, de acordo com Jarbas, que ainda comemorou - que nos cinco dias de festa -, foram registrados seis homicídios contra 22 do ano passado. Outras reduções foram registradas em furto (-42%), roubo (-46%), tráfico de drogas (-31%). 

 

Com um efetivo de 4.624 policiais militares, 799 policiais civis, 343 bombeiros, em 80 pontos de carnaval do Estado, ainda foram empregados  145 técnicos da Politec e 24 do Detran. E ainda mobilizadas ainda 378 viaturas de todas as forças de segurança.

 

As ações de segurança foram deflagradas na sexta-feira (24) e seguiram até terça-feira (28). O secretário de Segurança Pública, Rogers Jarbas, atribuiu o resultado aos investimentos feitos pelo governo do Estado, às ações qualificadas e ao empenho dos servidores das forças policiais: Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Corpo de Bombeiros, Politec e Detran. “Todas as instituições tiveram papel importantíssimo no evento carnaval”, destacou.

 

Jarbas ainda ressaltou que desde janeiro, duas operações Bairro Seguro foram deflagradas no Estado, o que reduziu os dados criminais no período. “As forças de segurança tem atuado de forma preventiva e integrada. Foram 40 dias mapeando e montando o plano operacional da ação no período de carnaval”, ressaltou.

 

Durante os cinco dias de carnaval foram registrados 765 ocorrências, 116 veículos apreendidos, 12 armas de fogo apreendidas e 15 fiscalizações do Bombeiros. “Os resultados são bastante expressivos e são reflexo do planejamento que foi elaborado pelas forças de segurança”, destacou o comandante geral da PM, Jorge Luiz.

 

Operação Lei Seca

 

Durante as ações da operação Lei Seca, deflagrada nos principais pontos da região metropolitana, oito motoristas foram presos por dirigir embriagado, 20 veículos removidos e 272 testes de alcoolemia realizados.

 

O presidente do Detran, Arnon Osny, ressaltou que não são só ações repressivas são realizadas pela operação Lei Seca e que intuito do trabalho das instituições integradas é diminuir os índices de acidentes no trânsito.

 

“As ações educativas antecedem a repressivas. Ainda assim, há problemas de direção perigosa. É importante este trabalho integrado para prevenir mortes no trânsito, considerando que 60% dos óbitos no trânsito está relacionado à bebida”, destacou.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3