Cuiabá, 29 de Novembro de 2020

POLÍTICA MT
Quinta-feira, 15 de Outubro de 2020, 13h:46

DEBATE NA TV

Acusado de corrupção, França expõe dívidas de Silval Barbosa com seu programa de TV

Euziany Teodoro
Única News

(Foto: Reprodução)

O comunicador Roberto França, candidato à Prefeitura de Cuiabá pelo Patriota, foi acusado de corrupção pelo também candidato Gilberto Lopes (PSOL), durante debate na TV nesta quinta-feira (15), por suposto envolvimento com os esquemas no Governo de Silval Barbosa, e decidiu expor mais de R$ 800 mil em dívidas do ex-governador com seu programa de televisão, o Resumo do Dia.

França foi citado por Silval em delação, acusado de receber propina. No entanto, segundo ele, o dinheiro que deveria ter recebido – mas nunca recebeu – era referente a publicidades que foram ao ar em seu programa, mas nunca foram pagas.

“Aqui estão os comprovantes do que eu cobrei do Silval Barbosa, um réu confesso. O Governo devia R$ 800 mil ao Resumo do Dia e eu fui cobrar. Não me pagou até a data de hoje. Sou um político sério e honesto e exijo respeito, com uma acusação leviana de um bandido, que todo mundo conhece quem é Silval Barbosa. Não sou obrigado a divulgar trabalho do Governo de graça. Eu durmo tranquilo no meu travesseiro, porque sou um político sério e honesto”, disparou.

Com direito de resposta aprovado pela TV Vila Real, que realizou o debate, França citou todos os cargos eletivos que ocupou e disse que, se fosse corrupto, hoje estaria milionário.

“Quero reafirmar que, durante 40 anos de vida pública, fui presidente da Câmara de Vereadores, da Assembleia legislativa, deputado federal, duas vezes prefeito de Cuiabá. Teria a oportunidade de estar milionário de fosse corrupto. No entanto, trabalho até 22 horas para ganhar o sustento da minha família. Isso prova que sou sério e honesto e não meti a mão no dinheiro do povo”, afirmou.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE