Cuiabá, 28 de Maio de 2024

POLÍTICA Sexta-feira, 29 de Setembro de 2017, 09:04 - A | A

29 de Setembro de 2017, 09h:04 - A | A

POLÍTICA / DENTADURAS POR VOTO

Após recurso, TRE mantém cassação de mandato de prefeita

Da Redação



(Foto: Reprodução internet)

TRE MT

 

Após recurso, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) manteve a cassação da prefeita de Planalto da Serra (a 254 km de Cuiabá), Angelina Benedita Pereira (PSDB), e do seu vice, Marcos Antônio Sampaio Rodrigues (PHS), por compra de votos.

 

Conforme a denúncia, os dois contrataram sem licitação, dez dias antes da eleição, um dentista fazer moldes de próteses dentárias para a população carente. O profissional teria colocado mais de 200 moldes, e após o procedimento, solicitado que os pacientes votassem em Angelina.

 

Logo, a Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE), classificou a atitude como compra de votos, já que na ocasião, a prefeita concorria a uma reeleição, em 2016.

 

Por isso, em dezembro de 2016, a juíza da 34ª Zona Eleitoral de Chapada dos Guimarães, Silvia Renata Anffe Souza, cassou o diploma tanto da prefeita, como a do vice.

 

Contrária a decisão, a prefeita entrou com um recurso no TRE. No entanto, o relator do recurso, o juiz-membro Ulisses Rabaneda, manteve a cassação. E, também, alegou que o ato, além de impróprio, causou instabilidade ao município.

 

“O desequilíbrio do pleito não depende da efetiva participação do candidato na confecção e oferta dos moldes dentários, contentando-se com a prova de que determinou a prática do ato vedado e dele beneficiou-se”, afirmou o juiz durante decisão.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia