Cuiabá, 07 de Agosto de 2020

POLÍTICA MT
Quinta-feira, 02 de Julho de 2020, 18h:00

ELEIÇÕES MUNICIPAIS

Botelho diz a Mendes que só se candidata em Cuiabá se Pinheiro desistir da reeleição

Elloise Guedes
Única News

Assessoria

O presidente da Assembleia Legislativa e deputado estadual Eduardo Botelho (DEM), disse que poderá sair a candidato à prefeitura de Cuiabá nas eleições de novembro deste ano. Botelho afirmou que só será candidato se o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) desistir de disputar a reeleição.

"Foi uma das condições que eu coloquei, não para o governador, mas para mim porque especialmente por conta da relação de amizade que eu tenho com o prefeito Emanuel Pinheiro construída dentro dessa Casa, que é especial, eu não gostaria de entrar num embate com ele", ressaltou Botelho.

O parlamentar foi eleito em junho para o terceiro mandato na Casa de Leis, mas nunca escondeu o desejo de ser prefeito, mas agora está focado em outro assunto. "Eu não estou trabalhando focado nisso, agora pode acontecer, não estou descartando a hipótese de participar da eleição, depende de diversos fatores e entendimentos, estou focado em encerrar o semestre aqui e encerrar essa reforma da previdência e daí talvez nós possamos discutir melhor esse assunto".

Botelho tem conversado com o governador Mauro Mendes (DEM) sobre eleições municipais e medidas para o combate a pandemia do coronavírus. E ressaltou que ainda não falou com o prefeito sobre o assunto.

"A disputa eleitoral é uma disputa um pouco dura e passa para, inclusive, agressões, discussões pessoais e eu não gostaria de ter isso com um amigo. Eu não conversei com Emanuel Pinheiro sobre isso", disse.

Dentro do Parlamento, Botelho é o principal trunfo do governo, já que muitas vezes conseguiu aprovar projetos e destravar pautas sem qualquer acordo com o executivo.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE