Cuiabá, 15 de Janeiro de 2021

POLÍTICA MT
Domingo, 15 de Novembro de 2020, 21h:14

369.903 VOTOS

Com 99,44% de apuração, Fávaro está eleito senador por Mato Grosso

Claryssa Amorim
Única News

Assessoria

Com 99,44% das urnas apuradas, Carlos Fávaro (PSD) é eleito senador da República por Mato Grosso, com 369.903 votos e é eleito o senador da República por Mato Grosso.   

Fávaro já estava como senador interino desde abril deste ano, após a juíza aposentada Selma Arruda (Podemos) ser cassada por crime de Caixa 2 e abuso de poder econômico.  

Em pesquisas recentes, Fávaro, Nilson Leitão (PSDB) e Pedro Taques (Solidariedade) seguiam empatados tecnicamente em primeiro lugar.   Assim que soube do resultado, Fávaro comemorou e disse que estava confiante com a vitória. 

"Estou muito feliz. Estava confiante nesta vitória, mas a gente só sabe o resultado final depois da contagem do último voto – e essa contagem, embora um pouco atrasada na eleição de hoje,  mostra que a população de Mato Grosso avalia bem o nosso trabalho e quer a nossa permanência no Senado.  A população decidiu e minha resposta não pode ser outra senão trabalhar e fazer cada vez mais por Mato Grosso. Isso é uma honra", afirma o senador.

Em 2º lugar, ficou a coronel Fernanda (Patriota) com 290.548. Depois em 3º lugar, aparece Nilson Leitão (PSDB) com 156.273; em 4º José Medeiros (Podemos) com 138.278.

Fávaro encabeçou a coligação “Fazer mais por Mato Grosso”, tem como primeira suplente a empresária Margareth Buzetti (PP) e, como segundo suplente, José Lacerda (MDB). Agora, ele tem mais seis anos de mandato no Congresso Nacional.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE