Cuiabá, 25 de Maio de 2024

POLÍTICA Quarta-feira, 05 de Julho de 2017, 09:11 - A | A

05 de Julho de 2017, 09h:11 - A | A

POLÍTICA / SODOMA

Ex-governador tem audiência prorrogada por juíza

Wellyngton Souza / Única News



(Foto: TJ-MT)

juiza selma arruda.jpg

 

A audiência que iria ouvir o ex-governador Silval Barbosa, que estava prevista para a tarde desta quarta (5), foi adiada.

 

A juíza da Sétima Vara Criminal de Cuiabá, Selma Arruda, anunciou oficialmente nesta terça (4), após delação premiada do ex-secretário de Estado da Casa Civil, Pedro Nadaf e o ex-presidente da Companhia Mato-Grossense de Mineração (Metamat), João Justino Paes de Barros, réus na Operação Sodoma.

 

Conforme Selma Arruda, a audiência teve de ser reagendada para o próximo dia 20 de julho, no Fórum da Capital, devido a internação de um dos responsáveis na Sodoma. A juíza não quis divulgar a identidade.

 

A agenda da magistrada está abarrotada de audiências neste mês. No dia 21, serão ouvidos o empresário Alan Malouf e o ex-chefe de Gabinete do Estado, Silvio Côrrea. Outra audiência está agendada para ouvir o ex-procurador Chico Lima e o advogado de Levi Machado de Oliveira. Eles serão ouvidos no dia 25.

 

Já no dia 27 de julho, o ex-secretário de Planejamento, Arnaldo Alves e do empresário Valdir Piran deverão prestar esclarecimentos à juíza. E por fim, no dia 28, será a vez do o ex-secretário de Fazenda, Marcel de Cursi, preso no Centro de Custódio de Capital (CCC).

 

Em audiência realizada no último dia 18 de maio à Selma Arruda, o ex-governador confessou envolvimento em crimes de desvio de dinheiro público que resultou na deflagração da terceira fase da Operação Sodoma.

 

A ação investigada pelo Grupo de Atuação Especializada de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) que apura irregularidades no pagamento da desapropriação de imóvel localizado no bairro Jardim Liberdade, em Cuiabá, no valor de R$ 31,7 milhões.

 

Do valor, cerca de R$ 15,8 milhões foram repartidos entre os envolvidos no esquema. Para deixar a prisão, o ex-governador entregou como garantia à Justiça uma aeronave, fazendas, além de outros imóveis que juntos somam quase R$ 47 milhões.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia