Cuiabá, 17 de Janeiro de 2021

POLÍTICA MT
Sexta-feira, 06 de Novembro de 2020, 11h:43

GAZETA DADOS

Gestão de Pinheiro sobe 13 pontos e é aprovada por 52% da população

Euziany Teodoro
Única News

Assessoria

A gestão do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), candidato à reeleição, subiu 13 pontos em nova pesquisa do Instituto Gazeta Dados, divulgada nesta sexta-feira (6). De 39% de aprovação que marcou na rodada anterior, agora alcançou 52% de aprovação entre os cuiabanos entrevistados.

Com um mês de diferença entre as duas pesquisas, Pinheiro conseguiu reverter o quadro e o índice negativo, que questiona a reprovação de sua gestão, caiu de 51% para 42% nesta rodada. Veja:

Gazeta Dados

Gazeta Dados gestão Emanuel Pinheiro em 06/11

 

A pergunta feita aos entrevistados foi: ‘O sr(a) aprova ou desaprova a forma como o Prefeito Emanuel Pinheiro vem administrando o município de Cuiabá?’.

O Instituto Gazeta Dados realizou a pesquisa entre os dias 29 de outubro e 1º de novembro. Sete porcento dos eleitores ouvidos não souberam ou não quiseram responder.

Quando os entrevistados são perguntados sobre a qualidade da administração de Emanuel Pinheiro, 33% responderam que a acham boa e 6% a classificam como ótima. Já para 34% dos entrevistados, a gestão do emedebista é regular, 15% a consideram ruim e 10% péssima. Outros 2% não responderam ou não quiseram responder.

O Gazeta Dados também questionou os entrevistados sobre o que eles esperam da próxima administração da Capital. Nesta categoria, 43% preferem que o próximo prefeito administre de forma diferente, mas dando continuidade às principais ações da gestão de Pinheiro.

Já 43% querem uma administração totalmente diferente da que vem sendo feita e 23% quer a continuidade de como Cuiabá já vem sendo governado. Quatro por cento não souberam responder. (Com A Gazeta)


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE