Cuiabá, 28 de Outubro de 2020

POLÍTICA MT
Terça-feira, 29 de Setembro de 2020, 13h:10

ELEIÇÕES 2020

Márcia lamenta eleições em meio à pandemia, mas já atua nas campanhas do marido e filho

Da Redação
Única News

Assessoria

A primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, inicia o período de campanha eleitoral com o marido Emanuel Pinheiro (MDB) concorrendo à reeleição em Cuiabá, e o filho, deputado federal Emanuelzinho (PTB), disputando o Executivo de Várzea Grande, fato inédito dentro do contexto político mato-grossense.

Para ela, as eleições não deveriam ter sido realizadas este ano, em decorrência da pandemia do novo coronavírus que ainda estamos vivendo. “Eu acreditava que não haveria eleições. Ainda estamos vivendo toda essa crise do coronavírus, muitas famílias perderam seus entes queridos. Não há clima para o cidadão pensar em política”, afirmou, em defesa da sensibilidade pelas vítimas fatais da Covid-19.

Entretanto, fora do contexto da pandemia, Márcia se diz comprometida a apoiar as campanhas eleitorais, nas quais ela tem um papel e peso muito importantes, em virtude do trabalho feito à área social nos últimos quatro anos, mesmo depois de declarar publicamente ser contra a reeleição do marido, por querer “um tempo de sossego” após tanto trabalho desenvolvido na política.

“Sempre deixei claro que eu era contra, pois a gente cansa. O executivo é muito pesado, você é responsável por toda uma cidade. Porém, eu não posso tirar o ar que eles respiram. Emanuel, a paixão dele em ser político e agora de ser prefeito da sua cidade natal e servir seu povo. Eu não tenho direito de negar isso a ele”, disse a primeira-dama.

No caso do filho, a campanha é especial para a primeira-dama, por causa de sua relação com Várzea Grande, cidade que a acolheu quando se mudou do Paraná, há 35 anos. Segundo Márcia, a campanha terá um carinho especial por toda sua história com a vizinha da Capital.

“Temos tanta história com Várzea Grande. Grandes amigos, familiares que lá residem. Temos história com a cidade, chegamos a ajudar políticos. Quantas vezes olhávamos pela janela as campanhas de Jayme, Nadir de Oliveira e tantos outros. Trinta e cinco anos depois, algo que jamais imaginaria: meu filho disputando a prefeitura dessa cidade que tanto nos acolheu, que ajudou a nossa família. Com certeza é algo especial para mim”, afirmou.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE