Cuiabá, 22 de Janeiro de 2021

POLÍTICA MT
Sexta-feira, 21 de Agosto de 2020, 15h:50

MIL PROFISSIONAIS AGUARDAM

Senador cobra que UFMT faça prova do Revalida para médicos estrangeiros

Única News
Da redação

Agência Senado

O Senador Carlos Fávaro (PSD) disse que tem buscado validar a conclusão do processo de revalidação do diploma de médicos formados no exterior, iniciado em 2018. Cerca de mil profissionais aguardam a prova final, que estava prevista no edital para o dia 16 de agosto.

Fávaro comentou que está articulando junto com a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) para conseguir concluir essa revalidação com a prova final. Ele destaca que nesse período de pandemia da Covid-19, é importante validar esses diplomas para os médicos do exterior atuarem na medicina brasileira.

“Construímos aqui na UFMT um acordo para que a última fase do processo fosse finalizada, depois de todos os critérios de análise do diploma, primeira prova, um ano e meio de clínica médica em cinco especialidades e agora a última prova pudesse acontecer de forma segura, eficiente”, comentou o senador.

Segundo o senador, a reitora da universidade acordou em publicar um edital de convocação no mês de agosto, no entanto, até o momento não foi feito. Ele lembra que chegou a conversar com o governador Mauro Mendes (DEM) e o secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho – mesmo sem obrigação de intervir no assunto -, e se comprometeram em dar o suporte necessário para a realização da prova.

Em reunião no Palácio Paiaguás, o reitor da UFMT, Evandro Soares, apresentou as demandas para a realização da prova presencial da última etapa do processo de revalidação dos diplomas dos profissionais formados no exterior. A necessidade era ampliar o número de salas e adotar medidas de segurança sanitária para evitar os riscos de contaminação pelo coronavírus.

No Senado Federal, o debate sobre a necessidade de realização de exames de revalidação de diploma de médicos formados no exterior também ganhou força. No início do mês, foi aprovado o Projeto de Lei que simplifica a revalidação e o reconhecimento de diplomas de ensino superior expedidos por universidades estrangeiras e também a realização do Revalida, em caráter emergencial, inclusive com a possibilidade de aplicação de provas online.

Somente em Mato Grosso, segundo o Conselho Regional de Medicina (CRM), ao menos 294 médicos foram infectados pela Covid-19 e nove perderam suas vidas.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE