Cuiabá, 05 de Abril de 2020

POLÍTICA
Terça-feira, 11 de Fevereiro de 2020, 08h:48

“TEMOS QUE SER REALISTAS”

Botelho descarta redução de ICMS de combustíveis e diz que Bolsonaro ‘joga para a plateia’

Euziany Teodoro
Única News

Assessoria

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), descartou reduzir o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) dos combustíveis, como foi proposto pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) aos governadores. Para o parlamentar, o presidente está “jogando para a plateia”.

Em publicação nas redes sociais nesta segunda-feira (10), o governador Mauro Mendes (DEM) fez uma “contraproposta” a Bolsonaro, afirmando que só reduz o ICMS se a União pagar o que deve aos Estados: FEX de 2018 e 2019 e perdas da Lei Kandir.

“Temos que ser realistas e não ficar jogando para a plateia. Isso é desviar do foco e desviar de uma solução possível e ficar nessa falação, um joga pra lá e outro joga pra cá. Eu, no lugar do governador Mauro Mendes, nem responderia, porque pra mim isso não tem sentido”, disse Botelho, em entrevista à imprensa no Palácio Paiaguás.

Segundo ele, com esse discurso e “bate-volta”, perde-se a oportunidade de discutir soluções realmente viáveis, tendo em vista que o valor dos combustíveis sobe cada vez mais nas bombas. Após minirreforma tributária aprovada pela própria Assembleia em 2019, o ICMS sofreu alta em vários produtos, especialmente nos combustíveis, passando de R$ 2,89 a R$ 3,19 na maioria dos postos.

“Temos questões complicadas aqui, temos problemas de caixa, de arrecadação, não adianta querermos fazer graça, abrir mão (da arrecadação), não podemos. Temos problemas na saúde, segurança, em todos os setores. Tem que vir com discussões factíveis e possíveis de ser executadas”, concluiu Botelho.


2 COMENTÁRIOS:







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.

CIDADÃO INDIGNADO  11-02-2020 13:09:14
Dono de empresa de ônibus, não quer reduzir combustível? Porque será? Com umas das passagens mais caras do país. No mínimo estranho!!!!

Responder

0
0
CIDADÃO INDIGNADO  11-02-2020 11:42:10
CIDADÃO INDIGNADO, seu comentário foi vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE