Cuiabá, 26 de Setembro de 2020

POLÍTICA MT
Quinta-feira, 02 de Janeiro de 2020, 15h:16

DADOS DE 2019

Mais de 35 mil pessoas foram atendidas em serviços da Assembleia

Única News
Da redação

(Foto: Reprodução

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) atendeu em 2019, mais de 35 mil pessoas, havendo um aumento de aproximadamente 20% em relação a 2018.

Segundo a Assembleia, foram 18.930 mil atendimentos pela Defensoria Pública, 15.867 mil pelo Espaço Cidadania com emissão de documentos de identidade e 519 reclamações ao órgão de defesa do consumidor (Procon), além de 221 manifestações de solicitação de informações ou sugestões recebidas. Totalizando assim 35.537 mil atendimentos.

“Nosso setor é uma das principais e mais diretas ferramentas de comunicação da Casa com a cidadania, por isso mesmo nossa equipe prima pela eficiência e qualidade, excelência do atendimento a todos aqueles que procuram nossos serviços”, disse a ouvidora-geral da Casa de Leis, Uecileny Rodrigues Fernandes Vieira.

Todo o trabalho é realizado em parceria com o Instituto de Identificação, Secretaria-Adjunta de Proteção e Defesa aos Direitos do Consumidor e Defensoria Pública, por meio de termos de cooperação técnica.

A Assembleia destaca ainda que os fatores que contribuem para o crescimento da procura ao atendimento, vão desde a localização da Casa, até a atenção pelos trabalhos dos parlamentares.

De acordo com a ouvidora, para 2020, o planejamento é de ampliar a capacidade de atendimento do setor, assim como melhorar ainda mais a qualidade dos serviços prestados aos cidadãos e cidadãs mato-grossenses.

“Isso demanda maior número de servidores, assim como capacitação e qualificação destes, além da completa digitalização de nossa logística, melhora de nossas condições estruturais e até mesmo um novo layout visual do setor; tudo isso já está bem planejado e encaminhado com a Mesa Diretora, que tem nos dado todo o suporte necessário para nosso trabalho”, finaliza.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE