Cuiabá, 25 de Julho de 2024

POLÍTICA Segunda-feira, 13 de Maio de 2024, 07:20 - A | A

13 de Maio de 2024, 07h:20 - A | A

POLÍTICA / “TSUNAMI”

Mauro diz que Cuiabá também atravessa “catástrofe”, mas na administração da prefeitura

Fred Moraes
Única News



O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (União Brasil), teceu duras críticas, mais uma vez, ao seu arqui-inimigo político, Emanuel Pinheiro (MDB), prefeito por Cuiabá. Mauro disse que assim como Rio Grande do Sul, Cuiabá passa por uma catástrofe, mas em sua administração definindo os escândalos envolvendo o prefeito e sua administração como “tsunami”.

Em entrevista à imprensa nesta quinta-feira (9), ao ser questionado sobre a falência da Saúde Cuiabana, Mauro disse que a mesma é resultado do que vem acontecendo nos últimos sete anos, alegando que a cidade vem sendo “desmantelada” por “incompetência e desonestidade”.

“A saúde de Cuiabá é um outro problema, não dá pra comparar as duas coisas. Embora que dá para comparar, porque a catástrofe que está acontecendo no Rio Grande do Sul, de forma diferente é um tsunami que está acontecendo em Cuiabá. Cuiabá está sendo destruída, não por um fenômeno natural, mas pela incompetência e pela desonestidade na condução das políticas públicas da nossa cidade”, disse Mauro.

Mendes ainda fala em “acionar outra intervenção”, mas não só na Saúde, como na prefeitura inteira. Para ele, todos os órgãos de controle observam o que acontecem no Executivo Municipal.

“Então, aqui merece uma intervenção, mas não de dinheiro, mas outro tipo de intervenção. está muito claro o que esta acontecendo em Cuiabá, só não enxerga quem é cego e não quer tomar as decisões que precisam ser tomadas”, completou

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia