Cuiabá, 18 de Junho de 2024

POLÍTICA Terça-feira, 07 de Novembro de 2017, 20:16 - A | A

07 de Novembro de 2017, 20h:16 - A | A

POLÍTICA / TUCANOS EM CRISE

Não queremos que Taques saia do PSDB afirma Maluf

Rayane Alves e Lara Belizário



(Foto Reprodução)

deputado Maluf com taques.jpg

 

O secretário da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, o deputado tucano, Guilherme Maluf comentou nesta terça-feira (07), em entrevista à Rádio Capital FM, que os burburinhos sobre a saída do governador Pedro Taques do ninho tucano estaria deixando os correligionários do PDSB preocupados.

 

Na semana passada, fontes afirmaram que o chefe do Executivo estaria descontente por conta da falta de apoio da direção nacional e de lideranças tucanos em Mato Grosso, que em momento de crise não tem se manifestado de forma satisfatória em defesa do seu governo.

 

“Essa situação me preocupa como preocupa todos. Nenhum de nós queremos que ele tome essa atitude. Mas, confesso que eu não conversei com o governador, no entanto, estive sim na reunião do partido até porque precisamos fazer uma eleição nacional e fechamos com Paulo Borges no lugar do deputado federal Nilson Leitão. Mas, essa situação está causando um incomodo para todas as partes imagina em um momento eleitoral como este, finalizou.

 

Segundo o secretário, a insatisfação existe e também foi discutida durante uma reunião com os tucanos. Para ele, a gestão estadual está deixando a desejar na saúde. Por isso, sugeriu que esses problemas sejam discutidos dentro do partido, já que no mesmo estão inclusos parlamentares que podem ajudar o governo.

 

Conforme o deputado, durante a reunião, as maiores reclamações são sobre falta de diálogo com o secretário Luiz Soares, e a falta de atendimento referente as questões políticas.

 

“Essa é a maior reclamação, ninguém reclama de corrupção, nem de honestidade, a reclamação é a falta de diálogo. Mas há muita reclamação também, de que não está havendo um atendimento por parte dos políticos. Atendimento que eu digo não é solicitação de nenhum favorecimento não, atendimento para discutir situações que interessam ao sistema de saúde. Então, há esse pleito de mais diálogo na saúde. O partido fez essa reclamação, agora cabe ao governador atender ou não”, afirmou o secretário da Mesa Diretora da AL.

 

O deputado ainda afirmou que não é necessário a saída do secretário da pasta. Desde de que ocorra um diálogo realista entre os tucanos e o governo. "Existem situações que precisam ser resolvidas, nós temos eleições acontecendo o ano que vem", declarou

 

Questionado sobre uma possível saída do gestor estadual da sigla, o deputado afirmou que o desentendimento entre Taques e o deputado federal Nilson Leitão, quanto a presidência da sigla, realmente preocupa. Afinal, esse tipo de desavença próximo as eleições não fazem bem e pode prejudicar o partido.

 

No entanto, ainda que reconheça a gravidade da situação, Maluf garantiu que não pensou em um cenário sem taques com os Tucanos. Diante dessa possibilidade, o parlamentar garantiu que vai trabalhar para que isso não aconteça.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia