Cuiabá, 14 de Julho de 2020

CIDADES
Terça-feira, 26 de Maio de 2020, 16h:55

A PREÇO DE MERCADO

Chega segunda remessa de produtos da China, com 120 novos respiradores

Da Redação
Única News

Secom-MT

Chegou a Mato Grosso, na tarde desta terça-feira (26), a segunda remessa de aparelhos e equipamentos de proteção hospitalares comprados pelo Governo do Estado na China. São 120 respiradores e 215 monitores, além de macacões de proteção (40 mil), protetores faciais (5 mil), máscaras cirúrgicas (500 mil) e do tipo KN95 (50 mil), que foram comprados na China em abril.

A primeira remessa foi de 200 camas elétricas e cinco mil óculos de proteção, que desembarcaram no dia 28 de abril. Uma terceira remessa com mais camas hospitalares e testes Covid-19 estão a caminho.

O governador Mauro Mendes foi receber os produtos no aeroporto Marechal Rondon e destacou que o planejamento da administração estadual permitiu a ação rápida de aquisição de equipamentos hospitalares a preço de mercado, na China.

“Mato Grosso adquiriu monitores e respiradores a preços muito bons. Chegamos a pagar três vezes menos que alguns Estados pagaram por equipamentos similares. Isso demonstra a preocupação tanto com a saúde pública, como o cuidado em fazer render o dinheiro dos cofres do Estado”, afirmou o governador.

Secom-MT

Equipamentos da China

 

O secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo, assegurou que os equipamentos vão melhorar de forma substancial a estratégia de enfrentamento ao coronavírus do Governo de Mato Grosso.

“São os equipamentos mais importantes, os respiradores e monitores, que precisávamos para melhorar a infraestrutura hospitalar do governo, além de aumentar nossa capacidade de enfrentamento à pandemia”, pontuou Figueiredo.

Os aparelhos e equipamentos de proteção chegaram em um avião cargueiro no início da tarde desta terça-feira e serão destinados às unidades da rede de saúde em todo o Estado.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE