Cuiabá, 28 de Março de 2020

CIDADES
Segunda-feira, 30 de Dezembro de 2019, 11h:43

CPF NA NOTA

Compras realizadas até terça (31) podem concorrer aos prêmios da Nota MT

Da Redação
Com assessoria

(Foto: Reprodução/Sefaz)

As compras realizadas até esta terça-feira (31) nos estabelecimentos comerciais mato-grossenses, que tenham nota fiscal com o CPF do consumidor, vão participar do próximo sorteio do Programa Nota MT. Além de solicitar a inclusão do CPF na nota, é preciso fazer o cadastro no site ou aplicativo para concorrer aos prêmios.

O próximo sorteio da Nota MT será realizado no mês de janeiro de 2020, com mil prêmios de R$ 500 e cinco prêmios de R$ 10 mil. Concorrem aos valores todas as notas fiscais emitidas no período de 1º a 31 de dezembro, que tiverem o CPF do consumidor.

Para se cadastrar basta instalar o aplicativo no seu celular ou acessar o site do Nota MT, escolher a opção “criar conta” e informar os dados solicitados. Os dados são obrigatórios para prosseguir o cadastro e estão protegidos sob sigilo. Para concluir o procedimento é necessário escolher a entidade que será beneficiada, caso a pessoa seja sorteada e criar uma senha de acesso.

De acordo com a Secretaria de Fazenda (Sefaz) cada nota fiscal emitida com o CPF gera dois bilhetes, um para o sorteio mensal e outro para o sorteio especial, independente do valor da compra. Os bilhetes são eletrônicos e acumulados a cada mês. Para consulta-los é preciso acessar a conta, no site ou aplicativo, e selecionar a opção “Sorteios”.

Com os bilhetes, os consumidores participam dos sorteios mensais com prêmios de R$ 500 e R$ 10 mil. Já nos sorteios especiais, a premiação será de R$ 50 mil. Durante os seus primeiros seis meses de existência, o Programa Nota MT distribuiu 5.035 prêmios, em um valor total de R$ 3.250.000,00. Ao todo, 4.883 consumidores e mais de 150 entidades sociais foram beneficiados em 2019.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE