Cuiabá, 28 de Maio de 2024

CIDADES Quinta-feira, 02 de Março de 2017, 10:53 - A | A

02 de Março de 2017, 10h:53 - A | A

CIDADES / SEM RESPEITO AO CONSUMUIDOR

Contas de energia e água continuam liderando o ranking de reclamações no Procon

Da Redação



(Foto: Divulgação)

Procon.jpg

 

O  setor de Serviços Essenciais voltou a liderar o ranking de reclamações no Procon Estadual com 724 registros, mas a energia elétrica volta a ser a campeã em número de reclamações, com 328 atendimentos, seguido por água e esgoto”, que teve 182 registros e telefonia celular, com 146 reclamações.

 

Só em fevereiro deste ano, o Procon registrou 2.217 atendimentos. Por meio do Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec), foram 1.473 registros, enquanto pelo atendimento online foram 744 reclamações em Mato Grosso.

 

Aparece em segundo lugar no ranking a área  de Assuntos Financeiros, com a marca de 268 reclamações: 104 atendimentos contra bancos, 42 para cartão de crédito e 40 para cartão de Loja”.

 

Ocupando o terceiro lugar está o setor de Serviços Privados ocupa o terceiro com 216 atendimentos - 44 para as categorias “TV por Assinatura” e “Escola” (Pré, 1º, 2º graus e superior), que estão empatadas -, em seguida, 28 para “Estabelecimento Comercial” (supermercado, loja, padaria, locadora, frutaria, etc.) e 14 para “Serviços Telefônicos Especiais”.

 

Com 180 registros - com atendimentos presencias -, está na quarta posição do ranking de atendimentos, a área de Produtos, com 180 registros. Destes, 38 são para teledonia (tradicionalcional, celular, interfone, etc.), nove para Móveis para Quarto” e oito para “Artigo de leitura” (Formal, Jornal, Revista, Folheto, Livro, etc.).

 

A área de Saúde aparece em quinto lugar, com 49 reclamações, seguida de “Alimentos”, que teve 23 registros. A última posição do ranking presencial é ocupada pela categoria “Habitação”, com 13 reclamações.

 

Atendimento online

 

Por meio da plataforma http://www.consumidor.gov.br, o Procon registrou 744 reclamações em Mato Grosso. A área “Telecomunicações” foi a mais demandada, com 382 registros. Em segundo lugar estão os “Serviços Financeiros”, com 187 reclamações; e em terceiro “Produtos de Telefonia e Informática”, com 98.

 

Na quarta posição da plataforma, estão empatadas as categorias “Produtos Eletrodomésticos e Eletrônicos” e “Demais produtos”, com 23 registros cada. Em quinto lugar, aparece a categoria “Transportes”, com 11 reclamações; na sexta posição está a área “Demais Serviços”, com sete reclamações; e em sétimo a área “Turismo/Viagens”, que teve seis registros.

 

A área “Saúde” ocupa o oitavo lugar no ranking de reclamações online, com cinco registros e, em nono, está a categoria “Água, energia e gás”, com dois registros. “Educação”, “Habitação” e “Alimentos” não tiveram reclamações registradas no mês de fevereiro na plataforma http://www.consumidor.gov.br.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia