Cuiabá, 29 de Maio de 2024

CIDADES Quarta-feira, 09 de Agosto de 2017, 12:12 - A | A

09 de Agosto de 2017, 12h:12 - A | A

CIDADES / PERIGO A VISTA

Umidade do ar chega aos 12% e Defesa Civil emite alerta geral

Da Redação



Os cuiabanos já começaram a sofrer com a baixa umidade relativa do ar, em Cuiabá. Na manhã desta terça-feira (08), a umidade relativa do ar chegou aos 12%, o que já é parecido com o clima de deserto.

 

 

(Foto Reprodução)

cuiaba centro historico 29.jpg

 

Por volta das 09h, a umidade chegou em 15%. Já no final da manhã, os termômetros marcaram 12%, sendo que o considerado ideal para a saúde é de 60%. Por isso, a Defesa Civil de Cuiabá emitiu o ‘alerta laranja’, que aponta umidade perigosa.

 

 

Já as temperaturas mínimas estão na marca dos 23ºC. Porém, os termômetros podem registrar até 40ºC. Por enquanto, ainda não tem previsão de chuva na Capital, que já está há mais de dois meses sem chuvas significativas.

 

 

A Defesa Civil de Mato Grosso alerta alguns cuidados, pois nesta época do ano é comum à falta de chuvas que pode inclusive trazer sérios problemas a saúde, como por exemplo, dificuldade para respirar, sangramento no nariz, irritação nos olhos e ainda ressecamentos de pele e garganta.


O pneumologista pediátrico Arlan de Azevedo afirmou que para atravessar este tempo com o menor dano possível, o cuidado fundamental é manter sempre a casa muito limpa, porque a poeira nos móveis e brinquedos são os principais fatores para desencadear reações alérgicas. Principalmente nos pacientes que já têm históricos e reações decorrentes do tempo seco.

 

Outro detalhe é o ar-condicionado. O refrigerador deve estar muito limpo já que ele retira a umidade do ambiente, por isso, é importante usar umidificadores para não se desidratar ainda mais.

 

 

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia