Cuiabá, 22 de Outubro de 2020

POLÍCIA
Quarta-feira, 10 de Junho de 2020, 08h:02

PARA ROUBAR

Dupla é presa por matar e enterrar corpo de homem em Cuiabá

Única News
Da Redação

(Foto: Arquivo Pessoal)

Policiais civis da Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP) de Cuiabá, realizaram na manhã desta terça-feira (9) a prisão de dois homens, em ação para cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão. 

Os suspeitos, de 28 e 18 anos, tiveram as ordens judiciais de prisões temporárias decretadas pela 12ª Vara Criminal da Comarca de Cuiabá, pelo crime de homicídio qualificado e ocultação de cadáver.

A vítima, Severino Messias Santos de 56 anos, foi morta por perfuração de arma branca (faca), sendo o seu corpo localizado sem roupa no dia 24 de maio, enterrado em uma cova feita no quintal da própria casa no bairro Três Barras. 

Logo que acionados os policiais civis da DHPP iniciaram as diligências para elucidar o crime. Durante apuração um dos suspeitos (de 28 anos) chegou a ser ouvido pela Polícia Civil vindo a assumir a autoria do homicídio.

Em interrogatório, o rapaz chegou a confessar o crime, relatando ter cometido na companhia de outros homens, os quais entraram na residência para roubar. 

Conforme o delegado da DHPP que coordenou as investigações, Caio Albuquerque, a vítima foi assassinada por motivo fútil e com emprego de recurso que impossibilitou sua defesa.

“No momento em que foi morta a vítima encontrava-se nua em seu quarto, sem antever o que lhe ocorreria, quando foi surpreendida por inúmeras facadas”, disse o delegado.

Diante das evidências de autorias, a Polícia Civil representou pelos pedidos de prisões temporárias contra os dois acusados e pedido de busca e apreensão domiciliar, deferidos pela Justiça.

Com os mandados de prisão e de busca expedidos os policiais civis conseguiram localizam e prender os envolvidos em suas residências no bairro Três Barras. Na casa de um dos presos (de 18 anos) também foi apreendido um aparelho celular roubado de uma mulher no bairro CPA 4.

Após cumprimento da ordem de prisão, os suspeitos foram conduzidos à DHPP para providências cabíveis e posteriormente colocados à disposição do Poder Judiciário.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE