Cuiabá, 25 de Maio de 2024

POLÍCIA Quinta-feira, 16 de Fevereiro de 2017, 15:38 - A | A

16 de Fevereiro de 2017, 15h:38 - A | A

POLÍCIA / ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA

GCCO prende suspeitos de cometer sequestro contra família de tesoureiro do BB

Sequestrador retornou ao banco com R$ 15 mil para efetuar depósito e funcionária reconheceu números de série

Da Redação



(Foto: PJC)

 

Três suspeitos de ter cometido sequestro seguido de extorsão, contra a família de um tesoureiro do Banco do Brasil, foram presos nesta quinta-feira (16)pela Polícia Civil. O caso ocorreu no município de Campo Verde (134 km distante de Cuiabá), durante a madrugada da última terça-feira (14).

 

Os bandidos invadiram a residência da família armados e renderam todos. Além disso, as vítimas foram feitas reféns por cerca de horas, até o funcionário do banco retornar da agência com a quantia exigida, ou seja, em torno de R$ 500 mil, como apontou a Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO).

 

Segundo a Polícia Civil, os suspeitos foram identificados como Eduardo Nonato da Silva, de 26 anos, Washington Alves da Silva, 22, e Camila de Souza Silva, naturais e residentes de Tocantins (PA).

 

Conforme o delegado Flávio Stringuetta, as prisões ocorreram após uma atendente da mesma agência, perceber que um rapaz estava com várias notas na sequência de série, e pretendia depositar o valor de R$ 15 mil.

 

Diante da situação, a moça do caixa acionou a polícia e tão logo o suspeito foi enquadrado, visto que posteriormente acabou confessando o crime.

 

Além disso, quando questionado, ele apontou aos uma casa onde estaria parte do dinheiro subtraído do roubo. No local estavam outras duas pessoas, que também estão envolvidas no crime. Além disso, na revista foram encontradas no imóvel, um revólver calibre 38, e cerca de R$100 mil em espécie.

 

Ao todo, segundo Stringuetta, foram recuperados R$170 mil, sendo que o restante ainda segue sob investigação.

 

O trio foi conduzido até a delegacia e deve responder pelos crimes de extorsão mediante de sequestro e associação criminosa.

 

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3