Cuiabá, 24 de Julho de 2024

POLÍCIA Quinta-feira, 18 de Julho de 2019, 11:54 - A | A

18 de Julho de 2019, 11h:54 - A | A

POLÍCIA / "MEDIDA DE SEGURANÇA"

Homem que arrancou coração da tia é transferido e mantido em cela individual após agredir preso

Claryssa Amorim
Única News



Lumar Lopes, de 28 anos, que esfaqueou e arrancou o coração da tia, Maria Zélia Cosmos, de 55 anos, em Sorriso (a 420 km de Cuiabá), foi transferido, na terça-feira (16), para a Penitenciária Osvaldo Florentino, conhecida como Ferrugem, em Sinop (a 503 km da capital).

A transferência foi confirmada pela assessoria da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh).

Lumar matou a tia Maria Zélia a facadas no pescoço e tórax. Em seguida, ele arrancou o coração, enquanto ela ainda respirava, e levou o órgão para a filha da vítima. Para fugir, ele tentou sequestrar a filha da prima, de 7 anos, após confessar que gostava da menina e queria beijar sua boca. “É uma menina legal. Ela dança”, disse.

A secretaria informou que a direção do Centro de Ressocialização de Sorriso, onde estava preso, pediu a transferência de Lumar por medida de segurança, devido as “circunstâncias” que envolvem o crime cometido e o perfil do suspeito. O pedido foi acatado pelos juízes da Execução Penal das Comarcas de Sorriso e Sinop.

Nesta quarta-feira (17), Lumar agrediu um preso que divida a cela, em Sinop, e teve que ser remanejado para outra cela. O suspeito está na cela sozinho, devido ao grau de perigo que apresenta. Um boletim de ocorrência foi registrado. 

Em entrevista aos jornalistas, Lumar classificou o assassinato como “normal”, pois ela “mereceu morrer”. Ele contou ainda que estava sob efeito de drogas, que foi “ouvindo o universo” e as coisas foram “acontecendo”.

O caso

Após arrancar o coração da tia, Lumar Lopes colocou o coração dentro de uma sacola e levou até a filha da vítima. Segundo a Polícia Civil, o sobrinho deixou a sacola em cima de um tanque de lavar roupas.

Em seguida, Lumar, obrigou a prima, sob ameaças, para entregar as chaves de um veículo Citroen C3. Antes de fugir, ele tentou sequestrar a filha de sua prima, de 7 anos. Segundo relatos da filha de Maria, Lumar confessou que era apaixonada pela criança.

Com o veículo, ele fugiu em alta velocidade, até que bateu em um transformador de energia, depois de invadir o terreno da Energisa. Ainda no local, o suspeito tentou colocar fogo no automóvel, mas não conseguiu. Na sequência, ele seguiu a pé até ser abordado pela Polícia Militar, na Rua das Videiras.

Conforme informações da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), o suspeito usou duas facas para matar a tia. A vítima tinha ferimentos no tórax e no pescoço. O suspeito foi autuado em flagrante por homicídio qualificado, motivo fútil, de 12 a 30 anos de reclusão. 

O suspeito, a princípio, não tem passagem policial. Segundo testemunhas, o rapaz é muito inteligente, trabalhou em multinacional e fala outros idiomas.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3