Cuiabá, 18 de Junho de 2024

POLÍCIA Quinta-feira, 04 de Abril de 2024, 10:23 - A | A

04 de Abril de 2024, 10h:23 - A | A

POLÍCIA / CRIME NO SHOPPING POPULAR

Mandantes da morte de lojista foram presos com pistola 9mm e "caneta-revólver"

Entre as armas apreendidas, uma pistola 9mm, que segundo a Polícia Civil, pode ter sido a arma utilizada no crime

Ari Miranda
Única News



Durante a prisão de mãe e filho, mandantes da morte do comerciante Gersino Rosa dos Santos (43), o “Nenê Games”, e do vendedor Cleyton de Oliveira de Souza Paulino (27), a equipe da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Cuiabá apreendeu um pequeno arsenal com os suspeitos, que confessaram a autoria do crime, cometido por eles em retaliação à morte do filho e irmão deles, crime que foi encomendado, segundo eles, por “Nenê”.

Os mandantes do duplo homicídio ocorrido no Shopping Popular de Cuiabá, em 23 de novembro do ano passado, ainda não tiveram suas identidades reveladas. Eles foram presos na terça-feira (2), na cidade de Campo Grande (MS), em ação integrada da DHPP Cuiabá e Delegacia Especializada em Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros (Garras), da Polícia Civil sul-mato-grossense.

Com mãe e filho, os agentes apreenderam quatro armas de fogo, sendo dois revólveres calibre .38 e uma pistola 9mm, que de acordo com o delegado Nilson Farias, da DHPP, pode ter sido a arma utilizada pelo executor do crime, Silvio Junior Peixoto, preso no último dia 25 de março em Uberlândia, interior de Minas Gerais.

Em depoimento, os mandantes da morte de Nenê e Cleyton disseram que conheciam Silvio Junior, afirmando ainda que foram pessoalmente até a cidade do Triângulo Mineiro contratar o criminoso para a empreitada em Cuiabá.

“Por esse motivo, por vingança, eles optaram por contratar esse pistoleiro [Silvio Júnior] na cidade de Uberlândia, tendo em vista que eles o conheciam e o levaram ele até a cidade de Cuiabá”, disse Nilson Farias.

Ao delegado, o pistoleiro confessou ter recebido R$ 10 mil dos mandantes para matar Gersino, ressaltando que só topou cometer o crime porquê estava endividado e precisava do dinheiro.

Silvio Júnior foi recambiado para Cuiabá e encontra-se preso na Penitenciária Central do Estado de Mato Grosso (PCE-MT). Já mãe e filho mandantes do duplo homicídio estão presos na Delegacia Especializada em Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros (Garras), em Campo Grande, onde aguardam autorização da Justiça Estadual para serem recambiados à Cuiabá

(Foto: Reprodução/Polícia Civil)

CANETA REVÓLVER

Caneta revólver foi apreendida juntamente com munições calibre 22.

ARMAMENTO INCOMUM

Entre as armas apreendidas, o delegado Nilson Farias destacou a apreensão de uma em especial chamou a atenção dos agentes: Uma caneta revólver, preparadas para munição calibre 22.

A arma, que se assemelha a uma caneta comum, possui tiro único e, conforme apurado por Única News, na maioria das vezes são produzidas clandestinamente por criminosos para serem carregadas de forma velada para a prática de delitos.

As armas serão trazidas para Mato Grosso e passarão por exames de balística na sede da Politec, na capital.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3