Cuiabá, 19 de Maio de 2024

POLÍCIA Sexta-feira, 20 de Outubro de 2017, 08:39 - A | A

20 de Outubro de 2017, 08h:39 - A | A

POLÍCIA / EM MT

Pai e avô são presos suspeitos de estuprarem menina de 10 anos

Da Redação



(Foto: Reprodução)

Screenshot_2 copy.jpg

 

Pai e avô acusados de estupro de vulnerável contra filha/neta de 10 anos tiveram mandados de prisão temporária cumpridos na última quarta (19), em São Félix do Araguaia (a 1.200 km de Cuiabá).

 

O pai M.L.A.O., 35, e avô, L.B.O., 63, abusavam da menor em diferentes momentos e diversas vezes por dia, segundo a denúncia. 

 

As investigações iniciaram após a menor contar sobre os abusos para tia, que procurou o Conselho Tutelar, que denunciou o caso na Delegacia de São Félix do Araguaia. A tia é filha do suspeito L.B.O. e contou que também sofria abusos pelo pai.

 

A menina passou a ser abusada desde que foi morar na casa do avô paterno, após a mãe abandonar o pai, devido as constantes agressões físicas que sofria. O pai mora próximo ao avô e visitava a menina aos finais de semana, momento em que passou abusar sexualmente da filha.

 

Em depoimento, a menina contou que os abusos aconteciam tanto durante a noite, quando durante o dia. Durante a violência sexual, ela chorava e pedia para que eles parassem, porém eles continuavam até que a satisfação da lascívia.

 

A menor foi submetida a exame de corpo de delito afim que confirmar a violencia sexual, sendo constatado no laudo que a vítima sofreu manipulação de seus órgãos genitais.

 

Segundo o delegado Valmon Pereira da Silva, embora os abusos fossem praticados pelos dois suspeitos, eles aconteciam em momentos distintos, sem que pai soubesse da conduta do avô e vice-versa. O delegado representou pela prisão temporária dos suspeitos, decretada pela Justiça e cumprida, nesta quinta-feira (19), pelos policiais da Delegacia de São Félix do Araguaia.

 

A menor foi retirada do convívio da família natural, ambiente de risco em que se encontrava e a encaminharam para acolhimento provisório na casa de amparo deste município.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3