Cuiabá, 29 de Novembro de 2020

POLÍTICA MT
Quarta-feira, 21 de Outubro de 2020, 11h:02

MT RECEBERIA EM JANEIRO

Após recuo da compra da CoronaVac, Mendes pede que Governo disponibilize vacina

Euziany Teodoro
Única News

(Foto: Christiano Antonucci)

Após o recuo do presidente da República, Jair Bolsonaro, sobre a compra da vacina chinesa CoronaVac, em menos de 24 horas desde que o Ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, a havia confirmado, o governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), pediu que o governo federal lidere esse processo e disponibilize a vacina.

Na noite dessa terça-feira (20), Mendes se reuniu com Pazuello por videoconferência e anunciou aos mato-grossenses que em janeiro a vacina seria distribuída para Mato Grosso. Pazuello anunciou a compra de 46 milhões de doses, produzida em parceria entre a empresa chinesa Sinovac e o Instituto Butantan.

No entanto, na manhã desta quarta-feira (21), Bolsonaro mandou cancelar a compra. "O povo brasileiro NÃO SERÁ COBAIA DE NINGUÉM", escreveu o presidente, em uma rede social.

Em nota, Mauro Mendes defendeu que a vacina seja disponibilizada, desde que confiáveis e atestadas pelos órgãos sanitários. Veja a nota:

“O Governo de Mato Grosso defende que o Governo Federal lidere esse importante processo e disponibilize a vacina contra a covid-19 à população. E o mais importante: que as vacinas entregues sejam confiáveis e devidamente atestadas pelos órgãos sanitários.”


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE