Cuiabá, 19 de Julho de 2024

POLÍTICA Terça-feira, 16 de Abril de 2019, 11:25 - A | A

16 de Abril de 2019, 11h:25 - A | A

POLÍTICA / SONEGAÇÃO

Mendes vai cobrar quem deve o Estado e garante melhoria na arrecadação

Fernanda Nazário e Euziany Teodoro
Única News



O Estado de Mato Grosso deve, atualmente, R$ 3,575 bilhões a fornecedores, prefeituras e Poderes. Para diminuir esse valor, o governador Mauro Mendes (DEM) conta com a melhoria na arrecadação, que poderá acontecer se os devedores de impostos pagarem o Estado. Em entrevista à rádio Vila Real, nesta segunda-feira (15), Mendes disse que não medirá esforços para receber cada centavo devido à máquina pública seja devolvido.

Segundo o governador, novas tecnologias auxiliarão na fiscalização dos sonegadores para evitar o acumulo da dívida e, assim, garantir que o Estado receba. “Vamos brigar duramente para melhorar nosso sistema de arrecadação e cobrar aqueles que devem o estado, indo atrás de cada centavo”, assegura.

Apesar da sonegação fiscal custar caro ao erário, um balanço das despesas e receitas dos últimos 15 anos do Estado mostram números positivos referentes ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), que cresceu sua arrecadação em 331%. Entretanto, as despesas com a folha salarial dos servidores públicos deram um salto de 678%.

Sobre o incentivo fiscal, ele entende que, se for cortado, as empresas vão fechar as portas, o que diminuirá a arrecadação. “A lei de incentivo está passando por revisão. Temos obrigação legal de até 31 de julho de fazer a restituição”.

O objetivo dos incentivos fiscais é a expansão e diversificação das atividades econômicas, estimulando o aumento da competitividade estadual, com ênfase na geração de emprego e renda.

Em janeiro deste ano, o Estado devia 11,4 mil fornecedores. Para Mendes, essa realidade demostra que Mato Grosso paga mal, mas ele acredita que isso já está mudando.

“O maior esforço é daqui em diante pagar em dia. Algumas secretarias já conseguimos isso. Vamos continuar fazendo esse esforço parando de gerar problemas, pagando em dia e gradativamente pagando os atrasados”.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia