Cuiabá, 17 de Junho de 2024

POLÍTICA Sexta-feira, 24 de Maio de 2024, 14:40 - A | A

24 de Maio de 2024, 14h:40 - A | A

POLÍTICA / ENFRENTARÁ GISELA

Advogada de Sinop deve lançar candidatura à presidência da OAB-MT

Fred Moraes
Única News



A advogada Xênia Guerra, presidente da 6ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil, em Sinop (500 km de Cuiabá), será mais uma candidata à presidência da ordem. Com o apoio de cerca de 62% das subseções da OAB no interior do Estado, a advogada defende que a próxima presidência da entidade venha “defender interesses da advocacia do interior" de Mato Grosso.

Na manhã desta sexta-feira (24), 18 presidentes de subseções da Ordem dos Advogados do Brasil – Mato Grosso (OAB-MT) assinaram carta de apoio a Xênia Guerra para a presidência.

Os advogados planejam para a candidatura de Xênia o espírito de inclusão para a busca de maior representatividade, a maioria dos presidentes de subseções abraçaram esse projeto de ter uma representação de classe que se identifique com a realidade da advocacia estadual.

O grupo explica que atualmente, os advogados do interior representam pelo menos 52% do número total das subscrições dos advogados da entidade

“É importante que haja união entre os colegas da capital e do interior na construção de um projeto democrático com igualdade, justiça e proporcionalidade para efetivamente promover a inclusão de toda a advocacia na OAB de Mato Grosso”, diz trecho da carta assinada pelos advogados.

Atualmente, a presidência da OAB é comandada pela advogada Gisela Cardoso, que foi eleita presidente da seccional de Mato Grosso pelo triênio 2022-2024, em novembro de 2021, recebendo 4.642 votos (52,2%). Ela é a segunda mulher a assumir o comando da entidade. A primeira foi a atual presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, Maria Helena Póvoas, entre 1993 e 1997.

Em entrevista ao Única News, Gisela revelou que pensa em uma reeleição e seguir à frente da entidade. No entanto, garantiu que até novembro – período das eleições da ordem – pode vir a mudar de ideia, por não ser apegada ao cargo. Gisela afirmou que deseja estar sempre à disposição da advocacia, seja na presidência, ou servindo de outra forma.

Ela conta que não pretende deixar que o processo eleitoral e montagem de chapa venha interferir em seu mandato, já que possui um intenso planejamento de ações.

“Nossas eleições acontecem em novembro, na segunda quinzena do mês. Venci em 2022, passa rápido, mas ainda há muita gestão para se fazer. Começamos maio, procuro sempre fazer minha gestão sem que o processo eleitoral venha interferir. Continuamos firmes, estamos sim no período de previas e definições de chapas. Mas, estou a disposição da advocacia mato-grossense, se for o caso sigo na presidência, ou se não procuro quem tenha interesse. Preciso buscar o que a advocacia quer e precisa”, explica Gisela.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia