Cuiabá, 13 de Julho de 2024

POLÍTICA Quarta-feira, 19 de Junho de 2024, 11:54 - A | A

19 de Junho de 2024, 11h:54 - A | A

POLÍTICA / LUTO NO JUDICIÁRIO

Desembargador aposentado Paulo Lessa morre após sofrer parada cardiorrespiratória

Euziany Teodoro
Única News



O desembargador aposentado e ex-presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, Paulo Lessa, morreu aos 74 anos, vítima de uma parada cardiorrespiratória nesta quarta-feira (19). A informação foi confirmada ao Única News pela assessoria do TJMT, que prepara uma nota com mais informações.

O velório será realizado na Capela Jardins, Sala Orquídeas, a partir das 19h30. O desembargador deixa a esposa, Mayara Lessa, dois filhos e dois netos.

Nascido na cidade de São Paulo, em 23 de agosto de 1949, Paulo Lessa bacharelou-se pela faculdade de Direito “Braz Cubas”, militando entre os anos de 1974 e 1979. Em 1979, por concurso público, assumiu como juiz de direito do Estado de Mato Grosso, jurisdicionando nas comarcas de Alto Garças, Rondonópolis e Cuiabá. Em 3 de agosto de 1992, por merecimento, tomou posse no cargo de desembargador, ocupando os cargos de corregedor-geral da Justiça, no biênio 1999-2001, bem como presidente do TJMT para o biênio 2007-2009.

Como presidente foi responsável pela implantação da Central de Precatórios, da Coordenadoria de Controle Interno, das Varas de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, do Diário da Justiça Eletrônico, do Sistema de Desenvolvimento de Carreira e Remuneração dos Servidores e ainda da Escola dos Servidores.

“Recebemos com muita tristeza essa notícia. Foi um grande homem que contribuiu muito com o crescimento do Poder Judiciário. Que a família sinta-se abraçada e acolhida neste momento tão difícil e que Deus console os corações de todos”, afirmou a presidente do TJMT, desembargadora Clarice Claudino da Silva.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia