Cuiabá, 25 de Junho de 2024

POLÍTICA Quinta-feira, 29 de Junho de 2017, 14:49 - A | A

29 de Junho de 2017, 14h:49 - A | A

POLÍTICA / OPERAÇÃO SODOMA

Ex-secretário tem até a próxima semana para quitar débitos com a Justiça

Da redação



(Foto: Internet)

Arnaldo Alves, ex-secretário

 

A juíza Selma Rosane Santos Arruda, titular da Sétima Vara Criminal de Cuiabá, determinou que a defesa do ex-secretário de Estado de Planejamento, Arnaldo Alves Souza Neto, pague o restante de sua fiança, até o início da próxima semana.

 

O ex-secretário foi preso durante a quarta fase da Operação Sodoma que desvendou uma organização criminosa envolvida em um esquema de fraudes em licitação, corrupção e peculato em contratos celebrados entre as empresas Marmeleiro Auto Posto LTDA e Saga Comércio Serviço Tecnológico e Informática LTDA, nos anos de 2011 a 2014, com ex-governador Silval Barbosa.

 

Para quitar o valor estipulado pela justiça de R$ 721.542,17, o secretário já ofereceu um apartamento avaliado em R$ 700 mil. Com isso, restam apenas R$ 21.542,17 mil para quitação da fiança.

 

O ex-secretário ainda teve seu habeas corpus deferido pela Segunda Câmara do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, no final de janeiro deste ano. No mês seguinte, a juíza Selma Rosane determinou o monitoramento e a utilização da tornozeleira eletrônica.

 

 

Segue trechos da decisão:

 

"(...) Impulsiono estes autos com a finalidade de intimar os advogados (...) mais precisamente para que providencie a complementação no valor de R$ 21.542,17 (...), no prazo de 05 (cinco) dias, a titulo de fiança".

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia